Geral

Dono de restaurante é assassinado a tiros na BR-364 após discutir com caminhoneiro

Homem que tentava separar a briga é esfaqueado e trazido para o Hospital Regional

O dono de um restaurante às margens da BR 364, a cerca de 25 km de Vilhena, identificado como Edemilson Gomes dos Santos (FOTO), de 42 anos, foi assassinado a tiros na noite de ontem (sábado, 11). O autor dos disparos fatais é um caminhoneiro, cujo nome ainda não foi divulgado.

Embora o assassinato ainda não tenha sido formalmente registrado na Unisp de Vilhena, o jornal obteve acesso ao depoimento de testemunhas, segundo as quais, uma discussão corriqueira teria motivado o crime.

De acordo com os relatos feitos à polícia, Edemilson teria pedido para que o motorista mudasse seu caminhão de lugar, o que teria dado início ao bate-boca entre os dois.

Vendo que o caminhoneiro estava armado, o comerciante também pegou uma arma de fogo, mas ela foi tomada pelo motorista.

A discussão continuou e, segundo as testemunhas, o dono do restaurante pegou um canivete e chegou a desferir um golpe na barriga de um homem que tentava apartar a briga.

O caminhoneiro deu dois tiros, atingindo Edemilson no ombro e no rosto. O comerciante morreu antes de receber socorro.

Após o crime, o autor dos disparos colocou o homem esfaqueado em seu caminhão e o trouxe até Vilhena, onde ele foi deixado aos cuidados de outra pessoa, para ser levado até o Hospital Regional.

O acusado fugiu em seguida e até o momento não foi localizado nem identificado.

Fonte: Folha do Sul

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar