Policial

Morre na UTI, após três dias internado, jovem que foi alvejado por dois disparos no Cristo Rei

Jovem sofreu parada cardíaca e faleceu nesta manhã

Morreu na manhã desta quinta-feira, 09 de Maio, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Vilhena, o jovem Vanderson Almeida Silva, 21 anosque sofreu um atentado à tiros  na noite de segunda-feira, 06 de Maio, em frente ao mercado Gonçalves, localizado na rua 737, no bairro Cristo Rei, setor 15, em Vilhena.

Vanderson, de alcunha “Vitinho”, estava em uma bicicleta, quando dois homens em uma motocicleta o perseguiram e passaram a efetuar disparos contra o mesmo. Tentando escapar dos homicidas, o jovem abandonou a bicicleta e correu pulando cercas, derrubando uma delas, sendo alvejado na perna esquerda, que apresentou fratura, e outro disparo na região lombar, lado direito.

Mesmo alvejado, Vanderson correu para os fundos do quintal de uma residência que invadiu para não ser morto, onde caiu e de lá, foi socorrido pela unidade de resgate do Corpo de Bombeiros e encaminhado ao pronto-socorro do Hospital Regional.

Ainda consciente, recebendo os primeiros atendimentos no pronto-socorro, Vitinho disse aos policiais que não iria falar a motivação e autoria do atentado que sofreu, pois “iria resolver sozinho quando saísse”. Porém, após os primeiros socorros, o jovem teve seu quadro clinico agravado e precisou ser entubado, sendo levado as pressas ao centro cirúrgico, onde médicos e enfermeiros lutam para salva-lo.

O jovem passou por cirurgia de emergência devido a gravidade de seu quadro, sendo transferido posteriormente para UTI do hospital, onde permaneceu internado até a manhã de hoje, quando sofreu uma parada cardíaca em decorrência do agravamento de seu estado de saúde, vindo a óbito pouco tempo depois.

A Polícia Civil através de seu Departamento de Homicídios investiga autoria e motivação do homicídio.

 

Carlos Mont Serrate/Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Close