Geral

Semma atende 20 denúncias por mês: saiba como denunciar crimes contra fauna ou flora

Poluição sonora, de rios, queimadas e despejo de lixo são as mais comuns

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) recebe todos os meses dezenas de denúncias e realiza o atendimento de cada uma para verificar a necessidade de investigação, multa e reparação da fauna ou flora prejudicadas. Os técnicos da Semma orientam a população sobre a forma correta de realizar as denúncias e explicam a importância da conscientização.

As denúncias mais comuns na cidade são poluição sonora, queimadas irregulares, despejo de dejetos nos rios e galerias pluviais, despejo de  resíduos provenientes de empresas ou esgotos nas ruas, acúmulo de lixo em local irregular, entre outros.

Por mês são registradas, em média, 20 denúncias. Marcela Rodrigues de Almeida, secretária de Meio Ambiente, explica que quanto mais vigilantes as pessoas forem, melhor a atuação da Prefeitura será.

“Além disso, quanto mais informações tivermos no momento da denúncia, mais fácil será para nós averiguarmos e resolvermos o problema. O Meio Ambiente não tem dono e, ao mesmo tempo, é de todos nós. É uma responsabilidade coletiva. Por isso fazemos esse apelo: denunciem e se preocupem com a nossa cidade Portal da Amazônia”, diz Marcela.

COMO DENUNCIAR – A Semma recebe denúncias através do telefone fixo 3321-4084, das 7h às 13h, e também no e-mail denuncia.semma@gmail.com. A denúncia deve conter informações suficientes para que a equipe de fiscais da secretaria consiga identificar o local e possa averiguar a situação. Dessa forma endereços com pontos de referência, fotos e vídeos fortalecem a denúncia.

“Damos preferência para identificação do denunciante, para termos uma garantia de que é verídica. Mantemos a identidade da pessoa em sigilo, para não expô-la a riscos. Mesmo assim, caso o  denunciante não queira se identificar, não é necessário”, explica a secretária.

Semcom

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar