Policial

Polícia Civil identifica acusados de executarem rapaz de 19 anos a pauladas em Vilhena

Após sere ouvidos, homicidas foram liberados. Ao assumir autoria dos ataques, os dois teriam dito que só queriam “dar um susto na vítima”

Foram identificados os dois homens que, na semana passada, mataram a pauladas, em Vilhena, o jovem Lucas Luiz Gabriel de Oliveira Lima, de 19 anos. O garoto, que tinha passagens pela polícia, chegou a ser socorrido e transferido para Cacoal, mas não resistiu aos ferimentos, principalmente na região da cabeça.

Uma testemunha chegou a conversar com os homens que agrediam a vítima, e eles disseram, ao justificar a pancadaria: “É ladrão, tem mais é que apanhar mesmo”. Lembre aqui.


O delegado responsável pelo caso não quis comentar o depoimento dos dois acusados, prestado hoje, e durante o qual ambos teriam assumido a autoria da agressão que resultou na morte do rapaz. O titular da Delegacia de Homicídios, Núbio Lopes de Oliveira, esclareceu que a investigação é complexa e que, oportunamente, ele irá dar detalhes do crime.

Outra fonte do site informou que nenhum dos homens que admitiram o ataque a pauladas tem passagem pela polícia, por isso mesmo, eles foram liberados após o interrogatório na Unisp, e vão responder em liberdade pelo homicídio.

O policial ouvido pelo site disse haver indicativos da que a dupla teria alegado que pretendia apenas “dar um susto em Lucas”, que andava cometendo furtos na região onde aconteceu o episódio. Mas eles estariam embriagados e podem ter exagerado na “punição”.

Fonte: Folha do Sul

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)