Policial

Jovem de 20 anos levou tiro de raspão e desmaiou de susto em Vilhena

Polícia faz a segurança do garoto no hospital e coleta detalhes do atentado

A tentativa de homicídio aconteceu na noite desta terça-feira, 23 de Abril, em uma residência da rua 1.503 esquina com a avenida Perimetral, no bairro Cristo Rei, setor 15, em Vilhena/RO.

Foi identificado como sendo Kauã Robert de Lima Ferreira, de 20 anos, o jovem que desmaiou de susto após ser baleado na avenida Dedimes Cechinel (Perimetral).

Conforme apurado pelo jornal Rota Policial News o garoto estava indo para casa quando foi surpreendido pelo atirador, que efetuou cinco disparos em sua direção.

Na hora do corre-corre, Kauã “engoliu o medo” e correu por ruas da localidade e pediu socorro em uma casa da rua 1.503; onde o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram acionados pelos moradores.

Após a adrenalina da fuga, o jovem desmaiou e ficou incosciente devido ao susto antes da chegada do resgate e foi levado às pressas ao pronto-socorro do Hospital Regional pelo Corpo de Bombeiros, uma vez que ainda não era possível saber a causa do desmaio e se ele apresentava algum outro ferimento por disparo.

No hospital, ele voltou a si e fora constatado que ele foi atingido de raspão em um dos braços e já está tomando soro fisiológico para se acalmar. Ele estaria chorando bastante devido ao susto. Agora, resta a ele agradecer pelo livramento.

A Polícia Militar está no hospital fazendo a segurança do garoto e coletando seu depoimento para que a ocorrência seja registrada na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP). Como o local exato do atentado não foi encontrado a perícia criminal não foi acionada.

Na manhã de hoje, na avenida 1.515 esquina com a avenida Perimetral um ataque a tiros tirou a vida do catador de recicláveis Afonso  Henrique Domingos da Silva, de 29 anos, apelido “Neguinho” e deixou um homem por  nome Willian da Silva, de 26 anos, de alcunha de “Willi Berg” em estado grave. Ele passou por cirurgias e está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A Polícia Civil agora deve investigar se a relação nos ataques e pode ser que eles estejam ligados a guerra de facções que vem ocorrendo na cidade de Vilhena.

 

Redação

Rota Policial News

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)