Policial

Em Vilhena, mulher que nunca comprou na Casas Bahia tem nome negativado pela empresa de SP

Caso de estelionato será apurado pela Polícia Civil

O caso de estelionato foi registrado na tarde desta segunda-feira, 11 de Fevereiro, na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP), em Vilhena.

Uma mulher de 40 anos procurou a delegacia informando que havia ido até o banco Itaú para tentar comprar uma cota de consórcio de veículo, sendo informada de que não poderia realizar tal procedimento por estar com o nome negativo. Ela então foi até a ACIV para saber o motivo da negativação, descobrindo que havia uma restrição em seu nome no SCPC de São Paulo, referente a uma divida na loja Casas Bahia.

Acontece que a mulher nunca comprou produto algum na loja em questão e diante disto, procurou a Polícia Civil para que o caso de estelionato fosse apurado pela autoridade policial.

Carlos Mont Serrate / Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar