PolicialTrânsito

Serviço porco: motoneta cai após motociclista estacionar em asfalto “recuperado” no Centro

Serviço tapa-buracos da Prefeitura de Vilhena vai embora com a chuva e causa transtornos

O fato foi registrado por volta das 18h25 desta quarta-feira, 27 de Fevereiro, na avenida Major Amarantes, em frente a loja Aqui Agora Confecções, no Centro de Vilhena.

De acordo com o apurado, o servidor público estadual estacionou sua motoneta Honda Biz 125 de cor preto e placa NBY-4997/Chupinguaia, em frente a loja onde foi buscar a esposa e ao retornar, se deparou com a motoneta caída.

A moto caiu devido a massa asfáltica colocada pela Secretária Municipal de Obras (SEMOSP)  em uma espécie de recuperação e tapa-buracos, ter cedido com a água das chuvas, onde estava o pezinho da motoneta. A moto caiu e com isso, a lanterna traseira foi quebrada na queda.

A operação “tapa-buracos” da Prefeitura Municipal tem sido um gasto de dinheiro público desnecessário e que vem causando prejuízos a sociedade. Com um serviço porco e sem o mínimo de qualidade a massa asfáltica colocada nas laterais da avenida Major Amarante, que teriam a finalidade de evitar o alagamento e tapar os buracos, foi em vão e a massa fica mole.

“É um absurdo isso, um serviço de porco. Agora nós vilhenenses temos que arcar com os prejuízos de nossos veículos que acabam destruídos devido a esses serviços ruins prestados por Japonês e seus secretários. Esse serviço de porco é levado pela água ou fica mole, fazendo com que eles não suportem o peso das motos estacionadas,” reclamou o motociclista.

O homem revelou que irá registrar ocorrência por danos materiais contra a prefeitura, na Polícia Civil e entrar com uma ação na Justiça. “Não podemos deixar barato, devemos processar. Eles devem garantir a segurança e não gastar dinheiro público com serviços sem qualidade alguma. Vou registrar ocorrência na delegacia e entrar com ação na Justiça”, relatou.

O mesmo serviço de recapeamento tem sido realizado pela SEMOSP em diversas ruas e avenidas da cidade de Vilhena e em todos eles, o serviço foi por água abaixo na primeira chuva. No cruzamento da avenida Paraná com Tancredo Neves por exemplo, mais um dos serviços de porco de recapeamento foi realizado há três dias e já está desaparecendo com a chuva.

 

 

Carlos Mont Serrate/Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo