Policial

Em Vilhena, agência da Caixa Econômica é invadida e tem rede elétrica cortada. PF investiga o crime

Centenas de pessoas estão na fila para sacar benefícios

Na manhã deste sábado, 05 de Dezembro, um leitor do jornal entrou em contato com a redação do site e revelou que uma fila quilométrica havia se formado na agência da Caixa Econômica Federal, em Vilhena.

A reportagem foi até o local e constatou que, de fato, o atendimento ao público, que deveria ter começado às 8:00h, como estava previsto, havia sido suspenso. O serviço foi interrompido porque o prédio estava sem energia elétrica.

Ao ver viaturas da Polícia Militar nos fundos do estabelecimento bancário, a reportagem foi conferir do que se tratava e confirmou que a fiação elétrica que abastece o edifício havia sido cortada.

Durante a madrugada, cadeados do portão que dá acesso ao relógio de energia, haviam sido rompidos e a rede elétrica também.

Questionados, os policiais militares alegaram que não poderiam dar informações, pois estavam no local apenas para isolar a área.

A aparente tentativa de invasão da Caixa será investigada pela Polícia Federal, que deverá enviar peritos ao local.

Embora não haja nenhuma confirmação, começam a surgir especulações de que a agência vilhenense possa ter sido alvo de bandidos que vêm aterrorizando cidades brasileiras com ataques violentos contra instituições financeiras.

Recentemente, o chamado “novo cangaço” explodiu agências bancárias em cidades do Pará e de Santa Catarina, deixando para trás um rastro de destruição.

Enquanto aguardam na fila, impacientes, pessoas que haviam ido à Caixa sacar benefícios do governo federal, são orientados por funcionários da instituição, que não dão prazo para começar a fazer os pagamentos.

Fonte: Folha do Sul

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)