Policial

Polícia Militar estoura boca de fumo no Assossete e apreende plantação de Maconha

Cinco pessoas foram detidas, das quais, três acabaram presas em flagrante e indiciadas por tráfico de drogas

A operação da Polícia Militar foi realizada na tarde desta quarta-feira, 13 de Março, em uma residência localizada na rua 8.514, no bairro Assossete, e Vilhena.

Uma denúncia anônima feita a central de operações fez com que radiopatrulhas fossem ao endereço, onde uma moradora por nome Miriam e um morador por apelido “Fiote” estariam comercializando drogas, haja vista que seria intensa a movimentação de usuários de entorpecentes na casa e que tais fatos estariam trazendo insegurança aos moradores do bairro.

Segundo a denúncia, Miriam tinha tatuagens nas pernas e estaria morando com Fiote. Diante destas informações, os militares foram ao local e ao chegarem no endereço, alguns dos suspeitos tentaram se evadir, tendo estes, sido detidos pela PM.

Um suspeito por nome Cleverson foi detido no quintal, o segundo que tentava se evadir foi detido e identificado como Savio; além dele, um terceiro rapaz, não identificado pela reportagem também foi detido. Na casa, foram presos Emerson e sua esposa Miriam, os quais seriam donos do imóvel.

Durante revista na residência e no terreno, os policiais encontraram uma plantação com sete (07) pés de Maconha, sendo localizado no guarda-roupas um pote plástico contendo 15,50 gramas de maconha, uma balança de precisão, dois rolos pequenos de papel filme, utilizado no endolamento das drogas, além da quantia de R$530,00 dentro de uma bolsa.

Todos os envolvidos foram detidos e encaminhados para Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP), dos quais, três acabaram presos em flagrante após serem indiciados por tráfico de drogas e associação ao crime. As drogas ficaram apreendidas.

Carlos Mont Serrate/Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Close