Policial

Polícia identifica vítima do primeiro homicídio do ano em Vilhena, ele era operador de máquinas

Ele já trabalhou como operador de máquinas mas o vício nas bebidas o levou a situação de rua

O homicídio foi registrado na noite desta segunda-feira, 09 de Janeiro, em uma residência localizada na rua Paraiba, no setor 19, bairro Parque Industrial Novo Tempo, em Vilhena. (Veja)

Foi identificado como sendo Edson Rodrigues dos Santos, de 41 anos, de apelido “Neguinho”, o homem morto com vários golpes de faca. Ele que já trabalhou como operador de máquinas e havia se perdido no vício do alcoolismo.

Segundo apurado, Edson chegou a correr após ser esfaqueado e buscou abrigo em uma residência, onde os moradores o socorreram.

Edson estava em estado grave e teria pedido: “Não me deixem morrer”, sendo que a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militares foram acionados.

Porém, quando o resgate chegou, a vítima já se encontrava em óbito, devido aos graves ferimentos de faca que apresentava.

A área foi isolada para perícia criminal da Polícia Técnico-Científica (POLITEC) e o corpo liberado para funerária Vilhena.

Ainda não se sabe a autoria e motivação do assassinato e o caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil de Vilhena, haja vista que a PM registrou o crime na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP).

Uma filha de Edson já fez contato com a funerária e como ela reside em Colniza, no Mato Grosso, ela iria verificar a possibilidade de vir até à cidade para realização de velório e sepultamento.

Edson encontrava-se em situação de rua na cidade de Vilhena e apesar de à filha e os familiares terem tentado por diversas vezes resgatá-lo, ele havia optado por essa vida.

Redação 

Rota Policial News

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)