Policial

Polícia detém 8 pessoas por envolvimento com drogas e descumprimento do decreto municipal sobre aglomerações

As detenções ocorreram no bairro Alto Alegre e no Setor 17, em Vilhena

Na noite de quarta para quinta-feira, 28, duas ações policiais terminaram com a detenção de oito pessoas por suspeita de envolvimento com drogas e descumprimento do decreto municipal que proíbe a aglomerações e a circulação sem justa causa após às 23 horas, em Vilhena.

O primeiro caso ocorreu por volta das 22h30 na rua 1.713 do Setor 17. De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado sobre o caso, policiais notaram um homem saindo de uma residência que, segundo descrito no documento policial, é conhecida por ser frequentada por usuários de drogas. O homem não obedeceu a ordem de parada dos policiais, correndo de volta para o interior do imóvel.

Diante da atitude suspeita os policiais realizaram abordagem no local onde estavam seis pessoas, quatro homens e duas mulheres. Indagado porque havia corrido, o rapaz de 20 anos disse que queria se livrar da droga que tinha consigo.

Os policiais encontraram duas porções de uma substância, que segundo o jovem, seria crack, sobre o sofá. Foi dada voz de prisão ao suspeito pela posse de entorpecente.

Os demais, com idade entre 20 e 59 anos, foram conduzidos à Unidade Integrada de Segurança Pública – UNISP por descumprimento do decreto municipal que proíbe aglomerações.

O outro caso foi registrado cerca de duas horas depois, no bairro Alto Alegre. Policiais que patrulhavam a região avistaram dois homens em uma motocicleta, que não obedeceram a ordem de parada. Os policiais fizeram acompanhamento e conseguiram fazer a abordagem na rua 811.

Ao descer da moto, o rapaz de 22 anos que estava na garupa, arremessou algo para dentro do quintal. A ação foi percebida pelos policiais que recuperaram o pacote com 07 gramas de uma substância aparentando ser cocaína.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o condutor da motocicleta, um jovem de 19 anos, já tem passagens por tráfico e posse de entorpecentes.

A dupla foi levada para o UNISP também por estar descumprindo o decreto municipal que proíbe a circulação de pessoas sem justa causa após as 23 horas.

Fonte: Folha do Sul

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar