Policial

Mãe entra em luta corporal com marido de 18 anos para evitar que filho de 19 fosse morto pelo padrasto no Assossete

Infrator foi preso e deverá responder por lesão corporal e Maria da Penha

O caso foi registrado na tarde deste domingo, 02 de Dezembro, em uma residência localizada na rua 8.518 do bairro Assossete, em Vilhena.

De acordo com o apurado, a central de operações recebeu diversos chamados dando conta de uma briga familiar em que um dos envolvidos estaria armado com uma faca tentando matar uma mulher. Diante disto, rádiopatrulhas foram ao local e prenderam em flagrante o acusado Mateus S. T; de 18 anos, e fizeram contato com a vítima, uma mulher de 37 anos.

A vítima relatou que é casada com Mateus e que o mesmo se separou dela e veio até a casa para buscar o resto de suas roupas e uma faca e que começou a discutir com ela, vindo a empurrá-la; momento este em que seu filho, A. F. G; de 19 anos, interveio em defesa da mãe, brigando com o padrasto.

Foi quando Mateus pegou a faca e partiu para cima do filho de sua ex-mulher, ameaçando matá-lo, vindo a quebrar objetos da casa. No momento em que Mateus partiu para cima de A.F. G;  a mãe do mesmo partiu em defesa do filho, entrando em luta corporal com o acusado, vindo a ser lesionada na palma da mão esquerda e no dedo direito.

Para desarmar Mateus, a vítima mordeu o braço esquerdo do acusado e ao desarmá-lo, jogou a faca para longe do alcance do mesmo e pediu para que o filho fosse embora para não ser morto por Mateus, que estaria, segundo ela, descontrolado.

Diante dos fatos, o acusado foi preso  e apresentado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) e deverá responder por lesão corporal, Maria da Penha e ameaça, além de danos ao patrimônio privado. O filho da vítima não foi localizado, tendo em vista que fugiu para não ser morto. O jovem Mateus deverá ser encaminhado para Casa de Detenção.

Carlos Mont Serrate / Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Close