Trânsito

Indígena inabilitado avança preferencial e provoca acidente no Centro de Vilhena

Acidentes causados por indígenas em Vilhena já se tornaram corriqueiros e causam transtorno aos cidadãos

Mais uma vez um indígena foi protagonista de um acidente de trânsito na cidade de Vilhena. Desta vez o sinistro aconteceu na manhã desta terça-feira, 20 de Outubro, no cruzamento da avenida Major Amarante com a rua Presidente Médici no Centro da cidade.

De acordo com o apurado, o indígena não habilitado dirigia um automóvel Volkswagen Gol de cor preto e transitava pela rua Presidente Médici sentido BR-364 quando avançou a via preferencial por não entender nenhuma regra de trânsito, vindo a causar o acidente.

A motociclista, que retornava de sua jornada de trabalho, pilotava uma motoneta Honda Biz 100 de cor rosa e transitava pela avenida Major Amarante sentido Porto Velho, quando foi atingida pelo carro.

Em decorrência do acidente, a motociclista sofreu escoriações e foi socorrida pelos populares e levada até a calçada, uma vez que os indígenas se quer, prestaram apoio a motociclista.

A unidade de resgate do Corpo de Bombeiros Militares foi acionada e prestou atendimentos a mulher, a qual optou por não ser encaminhada ao pronto-socorro do Hospital Regional.

A Polícia Militar de Trânsito (P-TRAN) isolou a área para perícia da Polícia Técnico-Científica (POLITEC) para posterior registro de ocorrência na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP).

Não é de hoje que indígenas “tocam o terror” nas ruas e avenidas da cidade, ocasionando vários acidentes de trânsito, sendo que muitos já foram registrados pela imprensa local. Na maioria deles, os indíos se quer eram habilitados para conduzir veículos.

Os pneus do automóvel estavam carecas e o motorista não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o que é obrigatório a qualquer outro cidadão brasileiro. Ele deverá ser apresentado na Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

Em casos de acidente com traumas ou fatais, procure o escritório R. R Consultoria e Assessoria e de entrada no seu DPVAT. Você pode ter direito a receber uma indenização em dinheiro, o escritório fica localizado na avenida Sabino Bezerra de Queiroz, sob o número 3461B, no bairro Jardim América, em Vilhena/RO. Ou ligue para Roberta: (69) 98494-1934 e (69) 98107-9443 Ou fale com a Claudiane: (69) 98495-8216 e (69) 99975-2778** SEU DIREITO COM RESPEITO!

***Deixe seu veículo mais seguro com a equipe da APVS, veja abaixo as vantagens de deixar seu bem assegurado.***

 

 

Linéia Mont Serrate/ Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo