Policial

Feminicídio: Rapaz que matou ex-mulher em Chupinguaia vai a júri popular

Luan Wudarski, de 24 anos, é o acusado de matar a ex-mulher, Anna Karolyne dos Santos, de 19 anos, em julho do ano passado

O jovem Luan Wudarski, de 24 anos, acusado de matar a ex-mulher, Anna Karolyne dos Santos, de 19 anos, em julho do ano passado, na cidade de Chupinguaia, irá ser julgado pelo Tribunal do Júri em Vilhena.

De acordo com a denúncia do Ministério Público de Rondônia, Luan e Anna tinham se separado há poucos dias. No dia do crime, ele foi até a residência da vítima e cometeu o assassinato, asfixiando-a e realizando vários cortes de faca no corpo da jovem.

O motivo do crime, ainda segundo a denúncia, foi pelo fato de que o acusado não concordava com a separação e também porque a vítima pretendia lutar pela guarda da filha do casal.

Quando interrogado na instrução processual, Luan admitiu que na noite do crime, ele estava embriagado quando foi à casa de Anna. No local, Luan conta que ambos iniciaram uma discussão por causa da guarda da filha, e que durante a briga, Anna pegou uma faca e partiu para cima dele. Após isso, eles entraram em luta corporal e, quando Luan se deu conta, a mulher já havia caído no chão e não se mexia mais.

A defesa de Luan alegou ao judiciário que ele não tinha intenção de matar à ex-esposa. No entanto, a juíza Liliane Pegoraro Bilharva não acolheu a tese de legítima defesa, já que o laudo de exame tanatoscópico apontou que a morte da vítima ocorreu de asfixia por estrangulamento e perfuração de faca na veia jugular interna direita.

Dessa forma, a juíza aceitou a denúncia do MP-RO e Luan vai a júri popular por homicídio. A data do julgamento ainda não foi divulgada.

Rota Policial News – Com informações G1

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)