Policial

Evangélica vai ao INSS dar ❝recado de Deus❞ a médico e discussão vira caso de Polícia Federal

Policiais militares chegaram a ir no local, mas como tratava-se de órgão federal, PF foi acionada

A movimentação foi registrada na manhã desta terça-feira, 23 de Outubro, na agência do INSS de Vilhena, localizada na avenida Rony de Castro Pereira, bairro Jardim América.

Conforme apurado, uma evangélica de 36 anos foi até a instituição e adentrou a sala do médio de pericias onde falou ao mesmo que tinha um ❝recado de Deus❞ ao mesmo. Ela que disse que Deus lhe deu uma visão, pedindo para que o médico não fosse tão burocrático ao analisar os processos de quem realmente precisa de benefícios do INSS.

O médico não entendeu o recado como um recado do Senhor, mas sim, como uma ameaça, e, no calor dos fatos, acabou discutindo com a mesma e pegando-a pelo braço, levando-a para fora da instituição.

Populares acionaram a Polícia Militar que fez-se presente no local e ao tomar conhecimento dos fatos, pelo fato de não ser jurisprudência da PM tal ocorrência, por tratar-se de órgão federal, solicitaram a presença da Polícia Federal (PF).

Duas guarnições com agentes da PF foram ao INSS onde detiveram a evangélica e o médico e os conduziram para Delegacia de Polícia Federal para confecção de registro de ocorrência. O teor da ocorrência não seria divulgado pela PF, mas, ninguém seria mantido preso, por tratar-se apenas de um mal entendido. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

A direção do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não autorizou que o médico se pronunciasse a imprensa e também não quiseram detalhar o episódio.

 

Carlos Mont Serrate / Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo