Policial

Empresário chama policiais de “doidos e malucos”, afirma ser irmão de juiz e é preso em Vilhena

“Vocês não sabem com quem estão mexendo”, teria dito o acusado

Na manhã desta sexta-feira, 23, um empresário de 34 anos foi conduzido até a Delegacia de Polícia Civil, em Vilhena, após ofender policiais por causa de um desentendimento comercial.

Segundo a ocorrência policial, uma guarnição da PM foi acionada e compareceu a um restaurante no bairro Jardim Eldorado.

No local, o representante de uma marca de sorvetes alegava que estava sendo impedido de retirar do estabelecimento um freezer que havia sido alugado, e cujo contrato teria vencido em fevereiro deste ano.

Segundo o denunciante, o equipamento havia sido locado para a antiga proprietária do restaurante, que atualmente está sob nova direção.

A retirada do freezer vem sendo impedida pelo empresário, que alega ser dono do prédio onde funciona o estabelecimento comercial.

Hoje, durante a ação policial, o dono do imóvel apareceu e disse que estava mantendo o freezer “confiscado” porque a inquilina anterior teria deixado dívidas pendentes.

Diante da cobrança por explicações, o acusado teria dito: “sou irmão de Juiz e vocês não sabem com quem estão mexendo”, acrescentando em seguida, já com os ânimos exaltados, que os militares são “tudo doido e maluco”.

O empresário também se negou a fornecer seus dados pessoais para o registro da ocorrência como “desacordo comercial”, mas não obedeceu e, por isso, foi levado para prestar esclarecimentos na UNISP.

Fonte: Folha do Sul Online

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)