Policial

Em Vilhena, uma indígena morre e outra fica em estado grave após raio atingir quatro pessoas

Descarga elétrica atingiu duas irmãs e outros dois indígenas em aldeia na área rural da cidade

A tragédia foi registrada por volta das 16 horas da tarde desta sexta-feira, 02 de Novembro, na BR-174, no sítio Aroeira/MT, aldeia Taquaral, área rural de Vilhena.

Segundo apurado com a mãe das vítimas, as irmãs Marineide Sabanê , 15 anos, e Irinete Sabanê, de 17 anos, estavam dentro de um barraco na aldeia, juntamente com dois homens, sendo o pai e irmão das mesmas, estes, não identificados, ocasião em que chovia muito e um raio atingiu Marinete e outro índio. Em seguida, mais uma descarga elétrica atingiu Irinete e o pai.

Com a descarga elétrica, Marineide perdeu a consciência e Irinete apresentou um quadro de parada cardíaca, sendo que os demais membros da aldeia acionaram uma equipe da CASAI (Casa de Saúde Indígena) sendo enviada para o local uma camionete que transportaria as vítimas.

Logo na chegada, membros da CASAI constataram extrema gravidade no quadro clínico de Irinete e Marineide, sendo ambas levadas as pressas ao pronto-socorro do Hospital Regional. Irinete já não apresentava sinais vitais.

Ao chegarem ao pronto-socorro, médicos constataram o óbito de Irinete, a qual era mãe de um bebê de apenas quatro meses. Já Marineide encontra-se em estado grave  está internada. Já o pai e irmão das índias não correm risco e não apresentaram muitos ferimentos.

 

Irinete Sabanê era mãe de uma criança de 4 meses
Marineide Sabanê segue internada em estado grave

Carlos Mont Serrate / Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Close