Policial

Em Chupinguaia, dona de bar que esfaqueou cliente é indiciada pela Polícia Civil por tentativa de homicídio privilegiado

Infratora poderá responder ao crime em liberdade

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira, 03 de Abril, o delegado do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), doutor Núbio Lopes de Oliveira, esclareceu a conclusão do inquérito que apura o atentado contra a vida de Jorge Mendes da Silva, ocorrido em Chupinguaia.

De acordo com o delegado, o crime ocorreu na manhã de 05 de Novembro do ano de 2.011, em um bar localizado na avenida Tancredo Neves, na cidade de Chupinguaia/RO e foi praticado pela senhora Vany Vieira, que na época, tinha 56 anos.

Ocorre que Vany havia vendido fiado para a pessoa de Jorge Mendes da Silva, que na época, tinha 32 anos, e  que este estava em atraso com a divida e que no dia dos fatos, a vítima foi até o bar para consumir mais bebidas e “pendurar”, ocasião em que a proprietária do bar disse que não iria vender mais a ele e que ele deveria quitar os débitos anteriores.

Houve uma discussão entre as partes, momento em que Jorge teria empurrado Vany, a qual, no calor dos fatos, se apossou de uma faca e desferiu um único golpe contra a vítima e se evadiu. Jorge foi socorrido com a faca cravada em seu corpo e foi atendido no hospital daquela cidade, recebendo alta no mesmo dia. Ele que saiu do hospital e voltou a beber em outro bar.

Mediante todas as provas juntadas nos autos do inquérito, o delegado Núbio indiciou Vany pelo crime de tentativa de homicídio privilegiado, tendo em vista que a Polícia Civil entendeu que a acusada agiu no calor da emoção devido o atraso da divida e o empurrão que sofreu por parte da vítima. Ela responderá ao crime em liberdade.

A demora na conclusão de inquéritos de homicídio, de acordo com o delegado, se deve ao fato de à demanda ser muito grande e de que anteriormente, não havia em Vilhena, setor específico para apuração de casos, mas que, agora, ele e sua equipe tem mais tempo para elucidar os casos no DHPP.

Carlos Mont Serrate/Claudemir Sabino

Foto: Lucas Molinari

Rota Policial News

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar