Policial

Traficante que vendia drogas até no cartão é preso pela Polícia Militar em Vilhena

Marginal de 42 anos tentou agredir policiais. Homem com tornozeleira eletrônica desligada foi abordado após comprar cocaína

Na noite de quinta-feira,19, a Polícia Militar apreendeu drogas em uma residência localizada na Rua 8518, no bairro Assossete, em Vilhena, onde o morador realizava vendas aceitando pagamento até com cartão de crédito.

De acordo com o registro do caso, uma guarnição da Polícia Militar foi informada pelo Núcleo de Inteligência de que no local estava ocorrendo uma intensa movimentação de usuários de drogas e que um indivíduo havia chegado em uma motocicleta Honda CG Titan de cor preta e após receber um embrulho do morador do imóvel, saiu em alta velocidade.

Em acompanhamento ao suspeito, os militares avistaram o momento em que este se desfez de um embrulho, que mais tarde foi comprovado se tratar de 06 gramas de pasta base de cocaína.

Ao ser questionado sobre o que tinha ido fazer no imóvel, o suspeito, que fazia uso de tornozeleira eletrônica, porém, desligada, acabou confessando que tem o costume ir ao local comprar entorpecentes.

Em continuidade ao monitoramento do local, os militares avistaram outro suspeito chegar e chamar o morador, sendo dada ordem de parada a ambos.

Surpreendido, o morador A. P. S., de 42 anos, correu para os fundos do imóvel e tentou pular o muro.

Interceptado, o suspeito investiu contra os polícias com socos, sendo necessário o uso da força física para sua imobilização.

Nas roupas de A. foi encontrada uma sacola contendo 14 porções da mesma substância apreendida com seu cliente, pesando cerca de 8,8 gramas.

Questionado pelos policiais, o segundo usuário a chegar ao imóvel também afirmou ter ido ao local para comprar drogas.

Já no interior da casa, foi encontrado um balde contendo apetrechos para o embalo da substância, mais de 110 gramas de entorpecente, o valor de R$ 1.447,00 e uma máquina de cartão de crédito.

Questionado sobre o comércio de drogas no local, A. negou, porém, ainda durante a revista, o dono do imóvel onde o infrator é inquilino, também chegou para comprar drogas.

Diante dos fatos, os suspeitos receberam voz de prisão e foram apresentados na Delegacia da Polícia Civil, juntamente com os produtos apreendidos.

Fonte: Folha do Sul Online

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo