Policial

Sobrevivente vilhenense de atentado a tiros tem braço amputado em Cacoal

Homem cuja namorada matou apenado é suspeito do crime

Um dos dois jovens, que foi vítima de uma tentativa de homicídio ocorrida há nove dias, na rua 822, no bairro Alto Alegre, em Vilhena, teve um dos braços amputado devido aos ferimentos a tiros que sofreu.

Na ocasião, dois jovens foram seguidos por um atirador em pleno o sol do meio dia, que feriu um deles na região do quadril e o outro no braço, tórax e pescoço (LEMBRE AQUI).

Devido a lesão causada por um dos disparos, o jovem que acabou levando cerca de quatro tiros, perdeu o braço esquerdo, que precisou ser amputado na altura do ombro.

Segundo a vítima amputada relatou para a Polícia Militar no dia do crime, o responsável pelo atentado a tiros que ele e o colega sofreram é o mesmo homem preso três dias depois, em uma boca de fumo situada no mesmo bairro, e que namorava a jovem que com um tiro a queima-roupas, tirou a vida do apenado  Thallyson Henrique da Silva Santos, de 19 anos (CONFIRA AQUI).

Devido a complexidade da cirurgia de amputação, o jovem precisou  transferido para um hospital de Cacoal, onde o procedimento foi realizado.

Fonte: Folha do Sul Online

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)