Geral

Saiba como proteger o seu pet do barulho dos fogos de artifício na virada de ano

Animais têm a audição mais sensível do que a dos humanos. Veja as dicas da veterinária para manter seu pet em segurança.

Os fogos de artifícios convencionais, usados por muitas pessoas como cenário para fotos bonitas nas festividades de fim de ano, causam muito estresse nos em cães e gatos por causa dos barulhos. Além disso, os bichinhos podem correr riscos de saúde devido a essa prática.

Faltando poucas horas para Réveillon, o jornal explica quais são os perigos dos fogos para os animais e dá dicas de como protegê-los.

Por que os animais sofrem com o barulho?

 

Segundo Thais Almeida Souza, médica veterinária em Porto Velho, tanto os gatos quanto os cachorros são mais sensíveis a sons e ruídos.

Perigos dos fogos de artifício

 

Também de acordo com a médica veterinária, devido ao barulho, os animais tendem a ficar desorientados, ansiosos e com medo. Esse é o motivo quando eles tentam fugir ou se esconder. Nesse momento de vulnerabilidade que “mora” o perigo.

“Eles normalmente se machucam em portões, eles ficam desorientados e mais predispostos a serem atropelados, a serem atacados por outros animais”, disse.

Nessa época de fim de ano, o hospital em que Thais trabalha já se prepara para receber animais que chegam cortados, lacerados, precisando de sutura na pele e vítimas de atropelamento.

Em casos mais raros, os animais podem desenvolver crises convulsivas ou sofrer o rompimento dos tímpanos, caso o rojão seja manuseado próximo ao animal.

O que fazer para proteger o pet?

 

A veterinária recomenda que os animais estejam identificados nas coleiras com nome do tutor e telefone, para caso eles fujam de casa.

A principal dica para evitar a fuga e diminuir o sofrimento do animal é a presença do seu tutor.

“A ausência do dono na hora da queima de fogos pode aumentar muito o medo, sofrimento e a ansiedade. O ideal é que eles não fiquem sozinhos”, disse.

Além disso, a profissional deu dicas que podem ajudar a diminuir o desconforto e o estresse dos animais, como:

  • Não deixar os pets sozinhos no momento dos fogos de artifício
  • Encontrar um espaço confortável que tenha menos ruídos
  • Ficar em um ambiente fechado que não tenha como o animal fugir
  • Deixar de fácil acesso o local que ele gosta de se esconder
  • Fechar as cortinas para diminuir a entrada de luz
  • Distrair os bichinhos com petiscos e brinquedos
  • Colocar músicas relaxantes

Caso seu animal já tenha um histórico de sofrimento fora do normal, o tutor não deve medicar os bichinhos sem orientação médica.

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)