Geral

Prefeita de Chupinguaia usa palavrões, ataca igreja e diz que empresário lhe pediu R$ 20 mil

Vídeos com discurso de ódio da prefeita reeleita Sheila Mosso viralizaram no WhatsApp

A reportagem do jornal vilhenense Folha do Sul teve acesso a alguns vídeos de discursos feitos pela prefeita reeleita de Chupinguaia pré e pós vitória, nos quais ela baixa o nível para atacar uma denominação religiosa, empresários e uma família pioneira do município.

Em seus discursos, Sheila Mosso (DEM) usa um palavreado impróprio para menores e de causar espanto ao ser proferido por uma chefe do Poder Executivo.

Ao se referir a uma denominação Cristã, a mandatária afirma que deve haver uma limpeza na referida igreja, pois no local só tem corrupto.

Sheila usa também o palavrão “porra” inúmeras vezes para se referir a um empresário a quem ela chama de “lavador”, e que segundo populares, se trata de um integrante da mesma igreja que ela ataca.

Não satisfeita e apresentando total descontrole, a prefeita ataca a família Machado, de renome no município, tendo integrantes em vários ramos do comércio e um deles chefiando a CIRETRAN.

Quando se refere à família, Sheila usa a expressão “machado virou foice”, em menosprezo à aos integrantes do clã, de quem não recebeu apoio político.

Em uma “enxurrada de palavrões” como “filho da puta”, Sheila ataca um empresário do ramo alimentício e pecuário, que se mudou recentemente para Goiânia, afirmando que este a “trancou” em seu gabinete e exigiu a quantia de R$ 20 mil, que ela se recusou a dar, alegando que não é “banco”.

Os vídeos que repercutiram na cidade e vem causando indignação até mesmo entre os eleitores da prefeita e aos ocupantes da Câmara Municipal, mostram um comportamento incompatível ao esperado para a representante de um município, em que a confiança da população foi depositada pela segunda vez.

Fonte: Folha do Sul Online

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo