Policial

Polícia Militar prende Dj vilhenense suspeito de violentar enteada de 04 anos no distrito do Guaporé

Criança passou por exames e crime não foi constatado por médico legista

A Polícia Militar do distrito de Guaporé/RO, prendeu na tarde desta terça-feira, 30 de Julho, o nacional Osvaldo Molina Sanches Junior, 42 anos, conhecido como Dj Molina, morador de Vilhena/RO.

Policiais militares socorreram uma garota de 04 anos ao  pronto-socorro do Hospital Regional de Vilhena, após uma denúncia dar conta de que a menina havia sido violentada pelo padrasto. 

De acordo com a denunciante, que não teve o nome revelado, Osvaldo teria abusado sexualmente da menor, na casa da avó, no distrito Guaporé, pertencente à cidade de Chupinguaia/RO.

A avó da garota relatou aos militares que a neta estava vomitando e que com isso resolveu dar um banho na menina, sendo que no banheiro, a garotinha começou a reclamar de fortes dores nas partes intimas.

Ainda conforme a denunciante, ela questionou a menina sobre o que teria ocorrido e que a vítima teria relatado que o padrasto  teria introduzido o dedo em suas partes intimas e que ele teria tirado o órgão genital para fora da calça.

Os militares então se deslocaram até a casa do Dj, onde foram recebidos pelo suspeito e o informaram sobre tais denúncias, sendo ele preso e encaminhado para Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP).

Acontece que, nem o médico do pronto-socorro, muito menos o médico legista da Polícia Civil constataram a pratica do crime, se descaracterizando a acusação da avó da criança, que pode ser indiciada por denunciação caluniosa.

Um inquérito policial foi instaurado pela Polícia Civil para realização de investigação e acompanhamento do episódio. Através das redes sociais, o Dj Molina postou um texto relatando os fatos, confira.

 NOTA DE ESCLARECIMENTO.

Eu Osvaldo Molina Sanches Junior, conhecido como DJ Molina ou professor Bomba fui vítima de uma acusação falsa e caluniosa, sendo ela a de ter abusado sexualmente de uma criança de 4 anos de idade, cuja a mesma veio a ser minha enteada por um tempo.. Mas, como já é sabido por quase todos eu estou separado da mãe da criança a mais de 02 meses e a mais de um mês a bisavó da criança veio até minha casa e levou a criança com ela para morar no distrito do Guaporé.

Hoje fui surpreendido em minha casa por volta do meio dia, onde dois policiais me pediram educadamente que os acompanhasse até a UNISP, pois havia lá uma denúncia contra mim… Chegando lá, fiquei ciente da tal acusação… Após feito todos os procedimentos de praxe (exames de corpo de  delito e entrevista com a psicóloga) chegaram a conclusão de  que a criança não sofreu abuso algum.

E se tivesse sofrido não teria como ser eu o responsável pelo abuso, visto que eu não sai de Vilhena nos últimos 04 meses e a criança mora no distrito do Guaporé com a bisavó a mais de um mês…

Posso ter qualquer defeito na vida, mais esse de abusar de crianças jamais… Tenho uma mãe e quatro filhas e quatro sobrinhas e todas vi crescerem e sempre as protegi…

Dediquei parte da minha vida a ensinar e preparar crianças e jovens para vida e nunca tive qualquer indicio que tenha tocado ou faltado com o respeito com quem quer que seja, meninas ou meninos…

Tenho minha consciência tranquila e graças a Deus a verdade foi esclarecida…

Quero aproveitar e agradecer as dezenas de ligações e mensagens de amigos…

Que Deus abençoe a todos.  (DJ Molina)

Carlos Mont Serrate/Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar