Policial

Polícia Civil prendeu homem que tentou matar irmão em Vilhena e inquérito apura os fatos

Tentativa de homicídio teria sido motivado por briga entre a vítima e a mãe

A tentativa de homicídio foi registrada no final da tarde de sábado, 10 de Agosto, na rua 2304, no setor 23, há três quadras da avenida Paraná, em Vilhena. Veja aqui.

Reginaldo Luiz Nunes do Nascimento, de 34 anos, estava discutindo com sua mãe por nome Luzia, de 60 anos, após ela dizer não aceitar que o homem levasse para sua residência uma namorada, quando o irmão, por nome Paulo Nunes do Nascimento, 46 anos, ao ver Reginaldo discutindo com Luzia, se apossou de uma tesoura e desferiu dois golpes contra o peito do irmão, e outro na altura do ombro, sendo também lesionado e fugindo do local na sequência. (Veja Aqui)

Conforme o histórico da presente ocorrência policial, Paulo atentou contra a vida de seu irmão, desferindo 02 (dois) golpes de tesoura em seu peito, não logrando êxito em seu intento de matar a vítima, em razão de rápida intervenção do Corpo de Bombeiros Militares, e do atendimento médico prestado.

O animus necandi (intento de matar) é evidente em razão da região letal (tórax) em que os golpes foram efetuados, não havendo indícios de que a ação foi amparada pela excludente de ilicitude da legítima defesa.

Consta ainda, que inicialmente a Polícia Militar não logrou êxito em localizar o conduzido no momento dos fatos, sendo que Agentes da Polícia Civil que estavam de sobreaviso ao tomarem conhecimento dos fatos, empreenderam diligências conseguindo encontrar o conduzido, dando voz de prisão a este e o conduzindo a Delegacia de Polícia para providências cabíveis, sendo autuado em flagrante por tentativa de homicídio.

Paulo foi preso pela Polícia Civil no momento em que tentava entrar no Hospital Regional, dizendo que estava procurando atendimento médico.

A Polícia Civil abriu inquérito policial e investiga os reais motivos para que Paulo atentasse contra a vida de Reginaldo e tal investigação apura ainda, se o acusado se dirigiu ao hospital para tentar mais uma vez contra a vida do irmão ou se realmente estava procurando atendimento médico.

 

Carlos Mont Serrate

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar