Policial

Polícia Civil de Costa Marques liberta três tartarugas presas em cativeiro

As tartarugas foram soltas no posto Militar do Pelotão Especial de Fronteira – Forte Príncipe da Beira

Delegacia de Costa Marques recebeu mais uma denúncia anônima sobre a comercialização de tartarugas. Desta vez, o crime aconteceu na Comunidade do Forte. A Polícia Civil foi acionada na manhã de sábado (13), encontrou três tartarugas e material usado na pesca. No local havia iscas (destruídas), para capturar os animais e palmito vencido, usado para alimentar as tartarugas.

As tartarugas foram soltas no posto Militar do Pelotão Especial de Fronteira – Forte Príncipe da Beira. O material de pesca foi apreendido e o responsável pelas tartarugas responderá termo circunstanciado por manter animal silvestre em cativeiro.

“Recebemos uma denúncia anônima dando conta do comércio ilegal de tartarugas. Na residência, os animais foram encontrados num espaço fechado com madeira usado especificamente para prender tartarugas”, explicou o delegado Reinaldo Reis.

O delegado pede que a população continue dando apoio através das denúncias anônimas, que segundo ele é a forma mais eficaz de combater a pesca predatória destes animais.

Semcom

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar