Policial

PATAMO e radiopatrulhas prende acusados de tentativa de homicídio a tiros minutos após o crime em Vilhena

Jovem de 19 anos foi alvejado no pescoço

A tentativa de homicídio aconteceu no final da noite de segunda-feira, 04 de Fevereiro, na rua HR5, no bairro Alto Alegre, em Vilhena.

A guarnição do Patrulhamento Tático Móvel (PATAMO) deslocou-se até o pronto-socorro do Hospital Regional, onde o jovem Pedro Paulo Rissi de Melo, de 19 anos, havia acabado de dar entrada, apresentando perfuração no pescoço proveniente de disparo de arma de fogo.

Pedro relatou aos policiais militares que estava na casa da namorada e que ao ir embora, percebeu que estava sendo perseguido por dois homens a bordo de uma motocicleta de cor escura e que estes, ao passarem por perto da vítima efetuaram disparos de arma de fogo contra ele, sendo alvejado no pescoço.

O jovem então correu na direção da casa da namorada, onde abrigou-se no local e pediu ajuda a ela, sendo então, encaminhado ao pronto-socorro do Hospital Regional em carro particular. Ele contou ainda que conhecia os autores do atentado e que seriam Weliton da Verga Lencine, de 27 anos, e Eduardo Modesto Joaquim, de 21 anos, indicando onde mora Weliton.

Os policiais do PATAMO com apoio de radiopatrulhas da Polícia Militar foram ao endereço, na rua 2.208 no setor 22, onde detiveram a esposa do acusado e no local encontraram uma porção de substância entorpecente do tipo cocaína. Ela informou que havia acabado de deixar seu esposo na casa da sogra, localizada na rua 1.711, no bairro Cristo Rei.

A guarnição se deslocou ao endereço e lá, logram êxito em prender Weliton e ao indagá-lo sobre os fatos, este de pronto relatou que seu comparsa Eduardo foi quem pilotou a motocicleta  e que Weliton atentou contra a vida de Pedro Paulo. Neste mesmo ato, o acusado entregou aos militares o revólver da marca Taurus, cabo de madeira, com uma munição intacta e outra deflagrada.

Weliton levou os policiais militares até a casa de Eduardo, localizada na rua 816, no setor 08, bairro Alto Alegre, onde este foi preso e em sua posse fora encontrado certa quantia de entorpecente do tipo cocaína e a quantia de R$ 200,00 em espécie. Na casa, foi detido outro jovem, de camiseta amarela, o qual foi detido. Nenhum dos envolvidos revelou a motivação do atentado.

Presos em flagrante por porte ilegal de armas e tentativa de homicídio, os dois acusados foram apresentados na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) e indiciados pelo delegado, sendo recolhidos à Casa de Detenção. A esposa de Weliton e o outro jovem que foram detidos, foram liberados na sequência do registro.

 

 

 

 

Carlos Mont Serrate / Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)