Trânsito

Número de vítimas atendidas por acidentes de trânsito sobe 25% em Vilhena, RO

Em 2018, 1.111 pessoas deram entrada no Hospital Regional da cidade, enquanto entre janeiro e agosto de 2019, foram 1.399. Tema foi debatido em abertura da Semana Nacional do Trânsito.

Em todo o ano de 2018, 1.111 pessoas foram atendidas no Hospital Regional de Vilhena (RO), região do Cone Sul, vítimas de acidentes de trânsito. O valor já foi ultrapassado nos oito primeiros meses de 2019, que registrou 1.399 atendimentos da mesma natureza. Isso representa um aumento de 25% no número de casos.

Os dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran) da cidade durante a abertura da Semana Nacional de Trânsito, que ocorreu nesta segunda-feira (16).

Em meio ao evento, foi divulgado pela Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) que a frota de veículos em Vilhena chegou a 63 mil, o que representa um aumento de 5% em comparação com o ano passado – havia 53 mil.

Para Gustavo Ozeika, chefe da Ciretran, os números de aumento de frota podem ter relação com a quantidade de acidentes registrados na cidade. Segundo ele, quanto mais veículos nas ruas, mais acidentes podem ocorrer.

A média anual de colisões registrados entre 2013 e 2017 é de 715. Somente em 2018, foram 862. Desses, 67% envolveram motocicletas.

Em 2018, 34 pessoas morreram no trânsito de Vilhena. Este ano, já foram 22 óbitos. Nos próximos dias, ações de conscientização serão realizadas na cidade afim de alertar do perigo sobre a falta de respeito às leis de trânsito.

67% dos acidentes envolveram motocicletas na cidade.

Fonte G1

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)