Geral

Novelas: Segundo Sol: Laureta acusa Rosa de traição e a tranca em cativeiro

Laureta (Adriana Esteves) achará que foi a sócia quem armou para ela ser presa na novela das nove

Galdino (Narcival Rubens) induzirá Laureta (Adriana Esteves) a acreditar que Rosa (Letícia Colin) armou para ela ser presa em Segundo Sol. Ao sair da cadeia nesta segunda (24), a cafetina pressionará a ex-prostituta, que negará tudo. Mesmo grávida, a garota será castigada. Trancada em um quarto e mantida em cárcere privado, ela vai implorar para sair e deixará Valentim (Danilo Mesquita) louco.

“Me tire daqui! Abra essa porta! Eu denuncio vocês! Laureta, você vai se arrepender”, gritará Rosa. Mas de nada adiantarão os seus pedidos de socorro. A jovem só será libertada do cativeiro quando o seu companheiro der falta dela e armar um barraco com a amiga de sua mãe postiça.

A agente de prostitutas irá responder ao processo por tráfico de drogas em liberdade. Em casa, a personagem de Adriana Esteves encontrará uma embalagem da camisinha usada por Rosa e Ícaro (Chay Suede) durante uma transa  em seu escritório. Mesmo sabendo do caso dos dois, ela ficará uma fera com a sócia.

“Quem colocou parte da droga de volta em meu cofre? O que você acha, Rosa? Fiquei pensando, quem entra em meu escritório com mais frequência, que tem livre acesso, que teria motivos pra me prejudicar?”, provocará Laureta.

A filha de Nice (Kelzy Ecard) vai perguntar o que a comparsa está insinuando. “Você é capaz de tudo, até de me trair”, dirá a cafetina. Rosa afirmará que não é como a sócia. “Não me tire por você”, detonará.

“De jeito nenhum, tou lhe tirando pelo que você faz. Então não é uma traidora nata? Não trai seu maridinho, mesmo grávida de outro? Não me trai com Ícaro? Eu flagrei os dois se pegando aqui mesmo nesse escritório. Me importo com a mentira, com o que fazem pelas minhas costas. O que é isso? É seu, Galdino? Uma embalagem de camisinha…”, indagará a megera-mor de Segundo Sol, mostrando a embalagem.

Galdino dirá que não é dele, e ainda entregará um brinco de Rosa que terá caído durante a transa. “O outro tô vendo que tá aí em sua orelha. Vai me dizer agora que não ficou se esfregando com Ícaro aqui, em pleno expediente, enquanto eu tava presa? Então, me diga, dá pra confiar em você? Você é ou não uma traidora?”, insistirá a agenciadora de garotos de programa.

“Isso é diferente de lhe entregar pra polícia, de plantar drogas pra lhe incriminar. Não traí, eu juro, Eu não fiz nada, Laureta”, afirmará a personagem de Letícia Colin. “Vai ficar de castigo até confessar a verdade, até assumir que me sacaneou”, esbravejará a cafetina. “Você tá doida, não pode me prender”, gritará Rosa.

Galdino arrancará o celular das mãos da jovem e a arrastará esperneando até um quarto. “Só sai de lá quando confessar seus pecados! Você vai aprender a não brincar comigo”, avisará a “mestre das pistoleiras”. “Isso aqui virou mesmo uma ditadura, tem até torturador profissional, é isso?”, berrará Rosa.

Ela gritará sem parar. Valentim passará o dia ligando, não conseguirá falar com ela e se desesperará porque a mulher não voltará para casa à noite.

Ele chegará à mansão da cafetina fazendo um escândalo. Laureta mandará o “bebê chorão” se acalmar e esperar a mulher em casa. O adolescente correrá para dentro atrás de Rosa e ouvirá ela implorando para abrirem a porta. “Ela tá de castigo, menino, não se meta”, falará a cafetina, que acabará mandando libertar a refém.

Fonte: Rota Policial News

 

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar