Policial

Necropsia aponta morte violenta no caso mecânico encontrado morto em camionete ontem em Vilhena

Atestado de Óbito descreve os vários tipos de ferimento encontrados no corpo

A necropsia realizada no corpo do mecânico de máquinas agrícolas Vanderlei Gonçalves de Oliveira pode provocar uma reviravolta no caso, tratado inicialmente como possível óbito provocado por um infarto fulminante. Ele tinha 55 anos e foi encontrado morto ontem em circunstâncias estranhas numa fazenda nas proximidades da Linha 145, área rural de Vilhena (LEMBRE AQUI).

Além do Atestado de Óbito de Vanderlei, o jornal também teve acesso a fotografias feitas após a morte e que mostram o corpo com vários tipos de lesões.

Um familiar revelou que o mecânico teve vértebras e costelas fraturadas, pulmão perfurado e afundamento de crânio.

O documento oficial apontando as causas da morte descreve o seguinte: “politraumatismo, instrumento contundente, lesão vascular cervical, hemopneumotórax (lesão no pulmão) e lesão esplênica” (VEJA NA IMAGEM SECUNDÁRIA).

A descrição feita no atestado contém indícios de que Vanderlei sofreu uma morte violenta, e não está descartado um possível assassinato. Caso a polícia comece a investigar esta hipótese, várias pessoas serão ouvidas para que se chegue à autoria e à motivação do eventual crime.

Embora tenha obtido autorização de uma pessoa próxima à família para divulgar algumas das imagens, o site optou por preservar o material, que choca bastante em virtude das marcas de violência encontradas no corpo da vítima.

Fonte: Folha do Sul Online

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)