Policial

Mistério: pedreiro é encontrado morto dentro de residência com marcas de tiros em Vilhena

Polícia Civil deverá investigar quem matou a vítima

O homicídio foi registrado na tarde desta quarta-feira, 20 de Abril, em uma residência localizada na rua 103-17 do residencial Barão do Melgaço III, em Vilhena.

De acordo com um pintor, nesta manhã ele, o pedreiro e mais um servente haviam sido contratados para realizar uma obra na residência e na hora do almoço, o pintor foi para sua residência, ficando no local apenas o pintor Fábio Rodrigues dos Santos, de 38 anos, e o servente não identificado.

Ao retornar para o trabalho já no período da tarde, o pintor viu o rapaz no chão, mas não chegou a entrar na casa e imaginou que este estivesse dormindo, tendo ele ido fazer seus trabalhops de pintura na área externa.

Porém, já passadas várrias horas, o pintor estranhou que Fábio ainda estivesse dormindo e resolveu adentrar ao imóvel para acordá-lo e ao se aproximar da vítima avistou sangue próximo do corpo e de imediato acionou a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, informando o proprietário sobre os fatos.

A Polícia e os bombeiros foram ao local e fora constatado que Fábio já estava em óbito e que ele apresentava marcas de tiros na cabeça, região da nuca e foram ainda encontrados próximo do corpo três capsulas de calibre .22.

A área foi isolada para perícia criminal da Polícia Técnico-Científica (POLITEC), sendo que o servente que havia sido contratado por Fábio não apareceu para trabalhar no período da tarde e como ninguém o conhecia, não souberam precisar nem mesmo o nome do mesmo.

A moto de Fábio estava no local e não foi roubada, bem como os dois capacetes, que era do pedreiro e do servente estavam na moto, o que levanta as suspeitas quanto ao servente que não foi localizado.

O corpo da vítima foi liberado para funerária de plantão e as investigações quanto a autoria e motivação do assassinato devem ser investigadas pela Polícia Civil, o que até o momento ainda é um mistério para as autoridades.

Tony Rota

Rota Policial News

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)