Política

MINISTROS: Simone Tebet e Márcio Macêdo visitam Rondônia na quinta-feira, 06 de Julho

A chefe do Planejamento e Orçamento do Brasil e o líder da Secretaria-Geral da Presidência da República vão participar de uma plenária em Porto Velho

Na quinta-feira, 06 de Julho, a ministra Simone Tebet e o ministro  Márcio Macedo estarão em Rondônia.

A chefe do Planejamento e Orçamento do Brasil vai estar em Porto Velho, para participar da 20ª plenária presencial para a elaboração participativa do Plano Plurianual (PPA).

Tebet vem acompanhada do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Márcio Macêdo.

Até 14 de julho eles vão passar por todos os estados do país.

O evento poderá contar com a presença de autoridades do Estado e de outros ministros.

OBJETIVOS  ESTRATÉGICOS

O Plano Plurianual (PPA) é o planejamento das prioridades do País. O PPA permanece vigente pelos próximos quatro anos.

A partir desse plano é possível construir leis orçamentárias, que levem em consideração os objetivos dos programas.

Com formato participativo, o programa é uma parceria do Ministério do Planejamento e Orçamento, e da Secretaria-Geral da Presidência da República, que articula a participação social.

O planetamento do PPA também conta com a participação do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, da Casa Civil e da Secretaria de Comunicação Social da Presidência.

A Secretaria-Geral sistematiza as contribuições da população e as encaminha para a Secretaria Nacional de Planejamento do MPO.

Posteriormente, o MPO ajustará essas contribuições e as submeterá à análise das equipes técnicas dos ministérios afins para eventual incorporação ao PPA.

O plano deve ser entregue ao Congresso até 31 de agosto, juntamente com a Lei Orçamentária Anual (LOA), e vale para os quatro anos seguintes.

COMO PARTICIPAR?

Existem três formas de participação:

Pelos fóruns interconselhos, que reúnem conselhos nacionais em diversos setores;  pelas plenárias estaduais, que serão realizadas em todas as capitais; e pela plataforma digital, que permitirá a participação direta dos cidadãos.

As plenárias estaduais iniciaram no dia 11 de maio, em Salvador, e seguem até 14 de julho, em São Paulo, passando por todos os estados e Distrito Federal.

O público-alvo das plenárias são representantes da sociedade civil organizada.

As inscrições podem ser feitas antecipadamente, na página do PPA Participativo, ou presencialmente antes do início de cada plenária.

A plataforma Brasil Participativo vai permanecer ativa até o dia 14 de julho, onde os integrantes das plenárias e o público geral poderão eleger três programas prioritários do Governo Federal, além de apresentar três propostas e votar em outras três.

Qualquer pessoa com cadastro no Gov. Br poderá fazer e eleger propostas para o PPA até o fim do período do projeto.

Estão previstos ainda, até o final do processo de consulta, dois fóruns interconselhos nacionais – o primeiro foi realizado em Brasília, nos dias 18 e 19 de abril.

PLATAFORMA DIGITAL

A plataforma digital Brasil Participativo promete tornar esta edição do PPA a maior experiência de participação social aberta do País.

Por meio dela, podem participar da consulta tanto os cidadãos, individualmente, quanto entidades da sociedade civil organizada.

A plataforma foi desenvolvida em parceria com o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos e o apoio da Dataprev, da comunidade Decidim–Brasil e da Universidade de Brasília (UnB).

A base da plataforma participativa, intitulada ‘Decidim’, é uma iniciativa da Prefeitura de Barcelona (Espanha) convertida em referência para outros governos e países.

Fonte: Assessoria/ASCOM

 

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)