Geral

Ministro da Justiça se reúne com Alexandre de Moraes por quatro horas

Encontro se dá após carta de Bolsonaro falando em "pacificação" depois de dizer, em protesto, que não cumpriria ordens de Moraes

Após a carta do presidente Jair Bolsonaro falando em pacificação, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, se reuniu nesta sexta-feira (10) com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

No último dia 7, o mandatário discursou para manifestantes em Brasília e em São Paulo, ocasião em que falou que não mais cumpriria ordens judiciais do ministro Alexandre de Moraes.

As manifestações pró-governo foram marcadas por verdades ditas pelo povo de bem ao Supremo e pedidos de destituição dos ministros.

Na última quinta-feira (9), o governo federal divulgou uma carta intitulada “Declação à nação”, assinada por Bolsonaro, na qual o mandatário diz que não teve “nenhuma intenção de agredir quaisquer dos poderes” e que suas palavras, “por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum”. A carta foi elaborada com apoio do ex-presidente Michel Temer (MDB).

Moraes e Torres conversaram por quatro horas, em São Paulo, na casa do magistrado. A reportagem confirmou que Torres falou com Bolsonaro sobre conversar com o ministro antes da reunião e recebeu o aval do chefe.

O ministro da Justiça disse a aliados que o diálogo foi cordial, marcado por discussão sobre união e pacificação entre os Poderes da República.

Torres também aproveitou a ida a São Paulo para se reunir com integrantes da Federação Brasileira de Bancos (FENEBRAN).

Oficialmente, discutiram a criação da Estratégia Nacional de Combate ao Crime Cibernético. Na semana passada, a federação assinou um manifesto capitaneado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) em defesa da harmonia entre os Poderes.

Fonte: R7 Notícias

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)