Geral

Manifestantes fecham rodovias no MT e caminhões e veículos de carga seca estão proibidos de seguir viagem

A Concessionária Rota do Oeste informou, pouco antes das 11h desta quarta-feira (08), ao site cuiabano Olhar Direto, que manifestantes também fecharam parcialmente a Rodovia dos Imigrantes (BR-070), no km 517, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá). Veículos de carga seca estão proibidos de seguir viagem.

Veja abaixo os pontos de responsabilidade da Rota do Oeste que estão com bloqueio:

Rondonópolis – km 119 da BR-163 (ou 202 da BR-364) – com bloqueio de passagem de veículos de carga, exceto perecíveis e vivas

Lucas do Rio Verde – km 687 da BR-163 – com bloqueio de passagem de veículos de carga, exceto perecíveis e vivas

Sorriso – km 745 da BR-163 – tem manifestante, mas não tem bloqueio

Sinop – km 821 da BR-163 – disseram que não iam fazer bloqueio, mas está sendo confirmado

Várzea Grande – km 517 da BR-070, com bloqueio de passagem de veículos de carga, exceto perecíveis e vivas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que, por volta das 08h, manifestantes bloquearam também a BR-163 em Lucas do Rio Verde (Km 687), nos dois sentidos. Inicialmente, trata-se de fechamento total da via.

Os manifestantes em prol do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) decidiram manter, nesta quarta-feira (08), o bloqueio de veículos de carga, que não estejam transportando cargas vivas ou perecíveis, em Rondonópolis (215 quilômetros de Cuiabá), Confresa e Pedra Preta.

Segundo a Concessionária Rota do Oeste, responsável pelo trecho de Rondonópolis, até às 07h10 desta quarta-feira havia registro de um ponto com manifestação, no km 117, da BR-163.

Ainda conforme a Rota do Oeste, os manifestantes estão permitindo a passagem de automóveis, ambulâncias, ônibus e veículos de cargas vivas e perecíveis. Os caminhões e carretas que não se enquadram nesta última, estão impossibilitados de seguir viagem.

Durante os protestos na última terça-feira (07), um veículo do tipo prancha que tentou furar o bloqueio e foi apedrejado por manifestantes.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Confresa também há uma interdição parcial, sendo que apenas os veículos de carga estão proibidos de passar.

Em Pedra Preta, há manifestação e os motoristas estão sendo orientados a estacionarem no pátio do Posto Locomotiva devido a interdição em Rondonópolis.

Ainda segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram registrado ao menos 12 pontos de bloqueios nas rodovias federais de Mato Grosso durante os protestos de 7 de Setembro.

Em Matupá, chegaram a ser colocados pneus no meio da rodovia, que foram queimados. Porém, nenhum grande problema foi registrado.

Fonte: Olhar Direto

 

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)