Geral

Bairro Embratel receberá mais ruas e avenidas asfaltadas, abertura acontece a partir de agosto em Vilhena

Mais de R$ 1 milhão serão investidos no local que deve receber cerca de 2 km de pavimentação, veja mapa

Já está em andamento a licitação de mais asfalto para o bairro Embratel. Depois de a Prefeitura executar, em 2019, quase três quilômetros de asfalto no bairro, está agendada para 11 de agosto a abertura das propostas de asfaltamento para a região, que receberá mais dois quilômetros em pelo menos sete ruas e avenidas do bairro.

O recurso, de R$ 1.080 milhão, é de emenda parlamentar do senador Acir Gurgacz e beneficiará milhares de moradores da região com pavimentação, sarjeta, meio-fio e sinalização.

Aprovado pelo programa Calha Norte, do Ministério da Defesa, em março, o projeto é importante para encerrar décadas de alagamentos, lama e buracos na região.

“Fomos a Brasília, Porto Velho e realizamos reuniões sempre com muitos deputados estaduais, federais e senadores. Visto que Vilhena está passando por um bom momento, é um prazer para os parlamentares darem sua contribuição. Agradeço de coração ao senador Acir por ter essa atenção com a cidade, em especial com o bairro Embratel. Essa obra vai ser fundamental para complementar o asfalto que acabamos de fazer lá, em 2019. Muitas pessoas pediram mais ruas asfaltadas nas proximidades e agora, com a emenda do senador, isso poderá ser realidade”, explica o prefeito Eduardo Japonês.

Em 2019 foram pavimentados trechos da rua Roberto G. Moreira e das avenidas Boa Vista, n° 622, Arnaldo Batista de Andrade e Tancredo Neves.

Na oportunidade a drenagem profunda foi feita com extensão suficiente para já comportar o escoamento da água deste novo projeto, que conecta boa parte das ruas já asfaltadas.

Nesta etapa serão pavimentados trechos das avenidas Diões Bispo de Souza, Joaquim Nabuco, Goiás, Arnaldo Batista de Andrade e das ruas Guaianazes, José Bonifácio e rua das Nações, totalizando dois quilômetros de asfalto.

De acordo com o setor de engenharia da Secretaria Municipal de Planejamento, o projeto envolve ainda a sinalização horizontal e vertical, bem como a instalação de placas de indicação das ruas, tudo a cargo da empresa que vencer a licitação.

A licitação está disponível e as propostas devem ser abertas no dia 11 de agosto. A previsão do setor é que do início da licitação até a emissão da ordem de serviço devem ser necessários 60 ou até 90 dias.

Já o prazo de execução dos serviços, está previsto para 120 dias, porém, os engenheiros alertam que este prazo pode ser alterado em função do período de chuvas, e de sua intensidade. Portanto, espera-se a conclusão para início de 2021.

Fonte: Assessoria

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar