Policial

Jovem que atirou contra policiais e acabou baleado é indiciado por tentativa de homicídio e porte ilegal de armas em Vilhena

Polícia Civil concluiu inquérito e indiciou suspeito

A Polícia Civil indiciou, no dia 23 de maio, Raphael Oliveira de Azevedo, 18 anos, por tentativa de homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo, ele foi autuado em flagrante no dia 18 de maio deste ano, quando efetuou um tiro contra militares durante uma abordagem policial no bairro Moysés de Freitas, em Vilhena. Na ação, Raphael foi baleado. (Relembre aqui)

A anuncio da conclusão do inquérito foi divulgado pela delegacia de homicídios nesta quinta-feira (6).

Como aconteceu

A Polícia Militar recebeu denuncias anônimas dando conta que um suspeito a bordo de uma motocicleta Honda CG  Titan de placa NCI-8869 estava efetuando diversos roubos na cidade e diante disto, patrulhamentos passaram a serem feitos nas imediações dos bairros Cristo Rei, Moysés de Freitas e setor 19, quando nas proximidades da casa noturna Muralha, neste último bairro, os militares avistaram o suspeito se aproximando rapidamente de um ciclista e tomou posse de um objeto e guardou na cintura. Os policiais tentaram parar o condutor da moto, mas ele passou a fugir da viatura.

Já na altura da avenida Melvin Jones próximo à avenida Perimetral, o suspeito caiu da moto e para evitar ser preso fez um disparo contra os policiais, que revidaram. Raphael Oliveira foi atingido por um tiro e se entregou. Ele foi levado para o Hospital Regional onde foi atendido, logo em seguida foi levado para a delegacia de Polícia Civil e depois para a Casa de Detenção. A arma que estava com ele foi apreendida pela PM e estava carregada com mais quatro balas.

Fonte: Vilhena Notícias / Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar