Policial

Homem discute em conveniência e acaba preso com 50 caixas de medicamentos de uso restrito em Vilhena

Homem de 37 anos estava hospedado em hotel no centro da cidade

Após se envolver em uma confusão na conveniência de um posto de gasolina no centro de Vilhena, um homem de 37 anos acabou detido pela Polícia Militar, acusado de contrabando, no início da noite da segunda-feira, 18.

Segundo a informação de testemunhas, Daniel Francisco Gomes de Oliveira ameaçava os que também estavam no local, então eles ligaram para a polícia e passaram suas características físicas, bem como as roupas que usava.

Quando a guarnição chegou, deparou-se com um homem com as aparências citadas saindo de dentro de um hotel que fica em frente ao posto, e durante a abordagem ele foi agressivo e mostrou nervosismo.

Já em revista pessoal, uma faca do tipo peixeira foi encontrada em sua cintura.

Diante do nervosismo que mostrava, Daniel foi interrogado e informou em qual quarto do hotel estava hospedado, além de autorizar a entrada dos policiais no local, que levaram junto duas testemunhas.

Lá, foram encontradas dentro de uma mochila cerca de 50 caixas de medicamentos de uso restrito, além de outras cinco facas, três caixas de lima, quatro isqueiros, um celular e R$ 50,00 em espécie.

Questionado sobre a origem dos produtos, o homem contou ter comprado a mercadoria na cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e que seriam do Paraguai.

Diante dos fatos, Daniel recebeu voz de prisão e foi apresentado à Polícia Federal. Ele deve responder por contrabando. O material também foi apreendido.

Fonte: Folha do Sul
Autor: Jéssica Chalegra

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar