Policial

Homem de 52 anos procura a polícia para denunciar vizinhas que estariam vazando vídeos de sexo dele

Uma das filmagens íntimas foi enviada para Cuiabá

Um homem de 52 anos, morador do Residencial Alvorada, procurou a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Vilhena, na manhã desta segunda-feira, 18, para registrar um atentado que vem sofrendo contra sua intimidade.

Aos policiais, ele contou que duas de suas vizinhas queriam ter uma relação amorosa com ele, há uns três anos. Porém, diante da negativa do homem, elas passaram a filmar a intimidade dele com outras mulheres e postar no Facebook do próprio comunicante.

De acordo com o homem, isso ocorre há três anos, desde quando negou ficar com as mulheres, e toda vez que fica com uma mulher diferente, um novo vídeo é publicado nas redes sociais e em grupos no WhatsApp. Recentemente, elas enviaram uma das gravações, em que ele aparece fazendo sexo, para Cuiabá (MT).

Diante da situação, ele pede por providências contra o vazamento das filmagens.

 

Fonte: Folha do Sul Online

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar