Geral

Festa de aniversário atraiu milhares de pessoas em praça com bolo de 41 metros

Sorteio de brindes, pipoca, algodão doce, pula-pula e brincadeiras foram a alegria das crianças

A festa de aniversário da cidade não poderia ter sido mais alegre. A Praça do Mensageiro, na avenida Paraná, ficou repleta de famílias que dedicaram o sábado a aproveitar a grande festa de 41 anos da cidade. Com um bolo tradicional de 41 metros, a festa contou também com distribuição de algodão doce, pipoca, refrigerante e ofereceu também pula-pulas, escorregadores, piscinas de bolinhas, música ao vivo e diversão garantida.

 

Organizada pela Fundação Cultural de Vilhena, a festa começou no início da tarde e chegou a reunir mais de 3 mil pessoas, lotando a praça e as filas para brinquedos e alimentação. “Ficamos felizes de ver que a população aderiu ao evento e comemorou com a gente. Foi uma festa linda que a comunidade não poderia deixar de ter”, explicou o prefeito Eduardo Japonês, que distribuiu brindes, conversou com a população, cortou o bolo e participou das atividades.

 

No evento estiveram presentes também os vereadores Adilson de Oliveira (presidente) e Wilson Tabalipa, além de diversos secretários da Prefeitura, líderes comunitários e jovens da Guarda Mirim, responsáveis pelo controle das filas e organização geral. A música ficou por conta do cantor Jefferson Lázaro.

 

Um incrível bolo de 41 metros impressionou a todos. Composto por quase 70 bolos de 60 cm, o mega-bolo era suficiente para servir 7 mil pessoas. A multidão de voluntários da comunidade e de várias secretarias, inclusive contando com o próprio prefeito, serviu por horas a outra multidão de participantes ávidos em provar um pedaço do bolo.

 

Diversos vendedores ambulantes também se concentraram na praça oferecendo ainda mais opções de alimentação e atraindo famílias para uma comemoração alegre e animada na praça.

 

“Desde que assumimos a FCV estamos com a missão de promover a ocupação das praças da cidade, antes abandonadas e tristes. Nossa intenção é fazer esses espaços serem vibrantes e palco de atividades culturais e sociais de relevância, integrando a população ao poder público, fazendo com que nossas praças cumpram sua função, de servir à comunidade”, revela Kátia Valléria.

Semcom

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Close