Geral

Fenômeno no sol e nuvem é registrado em Ji-Paraná, neste dia de finados

Fenômeno é conhecido como Halo Solar

Um arco-íris se formou em volta do Sol, com uma nuvem formando um “C” de “Cristo’ por volta das 12h:00min, desta sexta-feira (2), de finados em Ji-Paraná.

O fenômeno foi observado por um jornalista enquanto o mesmo estava em sua residência, e resolveu registrar.

Em volta do sol se formou-se um lindo arco-íris, enquanto em uma nuvem um “C’ de Cristo; é possível também ver um sinal aparentando um ser na cor azul celeste, bem pequeno, lado esquerdo da imagem. Neste dia de finados, onde milhares de pessoas vão até os cemitérios homenagear seus entes queridos, o fenômeno acabou mexendo com muitas pessoas.

Alguns religiosos acreditam ser o fenômeno, um sinal bíblico onde diz: E haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações ficarão desesperadas, com medo do terrível estrondo do mar e das ondas. Muitas pessoas desmaiarão de terror, preocupadas com o que estará sobrevindo às populações do mundo, pois os poderes do espaço sideral serão abalados.

Lucas 21:25

Segundo informações, esse fenômeno é conhecido como halo solar, e é formado pelo reflexo do Sol em cristais de gelo, comuns em nuvens finas e transparentes.

Belezas do halo solar

Quando ele aparece chama a atenção das pessoas, que tiram fotos e filmam o fenômeno. O Sol com bordas coloridas e vibrantes é algo que encanta e causa curiosidade. Ele costuma dar o ar da graça em períodos secos, quando o céu está sem nuvens muito densas. Isso facilita a observação do fenômeno que, em contraste com o céu azul, fica ainda mais belo e admirável.

No Brasil, foram registrados recentemente halos solares na capital federal, Brasília; na cidade de Rio Bananal, no Espírito Santo; em Pindorama do Tocantins, no Tocantins; e no município de Camamu, na Bahia. Um espetáculo para os moradores dessas regiões que registraram tudo por meio de celulares e câmeras. Em pouco tempo, as redes sociais estavam cheias de referências aos anéis coloridos.

Formação do halo solar

O halo solar é um fenômeno óptico que acontece na troposfera, que é a camada mais baixa da atmosfera terrestre, com espessura de 12 km podendo alcançar até 17 km de altura. Para que ele se forme é preciso algumas condições.

A primeira é que haja cristais de gelo na atmosfera terrestre, pois são eles que vão funcionar como espelhos das luzes, causando a dispersão dos raios solares. Portanto, quando a luz do Sol é refletida e refratada por esses gelos minúsculos acontece o fenômeno.

Essa refração é quando há uma mudança de direção e velocidade da luz ao passar de um lugar para outro. Nesse caso, são os cristais presentes na atmosfera que fazem esse desvio. Eles funcionam como pequenos prismas que recebem a luz branca e a dividem em cores primárias. Daí surge uma espécie de arco-íris, que é bastante apreciado.

Embora algumas pessoas relacionem o halo solar à chuva, especialistas garantem que a formação do círculo colorido ao redor do Sol nada tem a ver com a possibilidade de precipitações. Diferentemente do arco-íris, que é inerente à água.

Duas curiosidades merecem ser compartilhadas. A primeira é que o halo solar não é redondo por causa do formato do Sol e sim porque os cristais de gelo são hexagonais e acabam refletindo a luminosidade em forma de círculo. A segunda é que o halo também pode ser do tipo lunar, embora seja mais difícil sua percepção por conta da escuridão, o que acaba apagando um pouco o colorido do arco-íris em forma de disco. Os motivos para a ocorrência são os mesmos do solar.

Significado místico do halo solar

Todo fenômeno raro da natureza tem várias interpretações — com o halo não poderia ser diferente. Algumas crenças fazem menção a ele. Veja.

Se você pensar bem, o halo não é algo novo, ele está presente nas religiões. Você já observou a cabeça dos anjos e santos na arte sacra? Sempre tem uma luz circular que nada mais é que um halo. Nesses casos, os halos são altas energias que demonstram contato com algo que vem do alto, divino. Quanto mais reluzente, mais potência.

Já os maias registraram em seus antigos escritos que o halo era sinal de maus presságios para a humanidade, relacionado às grandes catástrofes envolvendo doenças ou colheitas prejudicadas devido à seca. Os espiritualistas também seguem essa linha mais calamitosa: fim dos tempos, chuvas devastadoras, países em caos…

Observação segura dos fenômenos solares

Independentemente das crenças, o halo solar é um fenômeno de beleza impressionante e merece ser admirado. No entanto, você precisa saber os cuidados que deve tomar ao observar diretamente o astro.

Assim como a nossa pele, os olhos precisam de proteção contra os raios solares. E quando partimos para observar especificamente o Sol, é indicado o uso de filtros especializados que reduzem a radiação nas formas de ultravioleta, visível e infravermelha.

Mesmo com a proteção adequada, não é indicado que você passe longos minutos em exposição direta. Especialistas recomendam a observação por projeção, que é mais segura e confortável.

Fonte: Rondôniatual

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Close