Geral

Escolas Estaduais de Vilhena compartilham boas práticas de ensino aprendizagem

Evento reuniu entidades ligadas ao ensino e alunos

Nos dias 22 e 25 de novembro, estudantes da Escola Estadual de Ensino Médio em Tempo Integral Marechal Rondon, juntamente com o gestor Flávio Antônio da Graça, estiveram na Escola Estadual de Ensino Fundamental Cecília Meireles, para trabalhar o Plano de Comunicação de matrículas para o ano de 2020.


A parceria entre as escolas vem fortalecer as boas práticas de ensino e compartilhar experiências através de apresentações pelos Jovens Protagonistas da E.M.T.I Marechal Rondon.

Neste momento, os estudantes falaram sobre a Metodologia de Ensino e também da rotina escolar, bem como
quando surgiu o seu processo de implantação.


Informaram que a Escola Marechal Rondon desde o início do ano de 2018 atende a modalidade Ensino Médio em Tempo Integral com uma PROPOSTA PEDAGÓGICA que tem por base a ampliação da jornada escolar
e a formação integral do estudante onde O PROTAGONISMO Juvenil é desenvolvido por meio dos Clubes estudantis, em que o estudante é envolvido como parte da solução e não tratado como problema.


Além da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é ofertado na Parte Diversificada:


 Projeto de Vida; (o Estudante é orientado a construir seu próprio projeto
de Vida)
 Pós Médio; (Auxilia o estudante na escolha de curso superior e profissão)
 Eletivas (disciplina escolhida pelo estudante)
 Práticas Experimentais; (Aulas práticas de ciências utilizando o
laboratório)
 Estudo Orientado (momento de estudo individual com orientação do
professor)
 Avaliação Semanal (Simulado).


Explicaram que a escola possui uma infraestrutura com Ambientes Pedagógicos favorável ao modelo que permite que sejam desenvolvidas atividades diversificadas dentro e fora do ambiente de sala de aula.


Durante as falas também ocorreram apresentações artísticas como fanfarra/banda e apreciação de algumas atividades desenvolvidas pela Disciplina Eletiva 10/10, que trabalhou com o tema a Bioarte da Dança (carimbó,
anos 60 e tango).


Argumentaram que a escola se preocupa com o bem estar dos estudantes e sua excelência acadêmica.

 

Redação – Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar