Geral

Em Vilhena, Corpo de Bombeiros está impossibilitado de atender ocorrências devido a falta de unidades de resgate

As duas únicas unidades de resgate (UR) estão quebradas

É vergonhoso, mas é a realidade que vem sendo vivida pelo 3º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militares e pela sociedade de Vilhena/RO, com a falta de unidades de resgate para atender a população.

Durante todo o dia desta quarta-feira, 19 de Fevereiro, os bombeiros militares ficaram impossibilitados de atenderem as ocorrências de acidente, quedas e atendimentos de acamados, devido as duas únicas unidades de resgate estarem estragadas e sucateadas.

A  realidade é que as ambulâncias estão sucateadas e velhas, sendo que os bombeiros muitas das vezes acabam de mãos atadas devido ao problema com as UR’s.

O mesmo se repete em cidades do Estado de Rondônia, onde os veículos de urgência e emergência estão sucateados e quebrados, desguarnecendo as cidades.

Hoje, para que os bombeiros conseguissem atender a sociedade, eles precisaram da ajuda do Hospital Regional e do prefeito Eduardo Japonês, para disponibilizar uma ambulância e um motorista para atender os 8 acidentes registrados nesta data.

Espera-se que os governantes tomem providências quanto aos fatos atuais e que disponibilize ao menos 04 unidades de resgate aos Bombeiros de Vilhena, para que a sociedade seja devidamente atendida.

A nossa pergunta a sociedade é, o que vocês acham deste caso com as unidades de resgate sucateadas e paradas? O que esperam de nossos políticos?

Posted by Rota Policial News on Wednesday, February 19, 2020

Carlos Mont Serrate/Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar