Policial

Detento que tirou a própria vida é acusado de tentar matar homem em 2.016 por divida de R$20,00

Liovane da Silva foi preso por receptação e acabou tirando a própria vida na Casa de Detenção

Liovane da Silva, de alcunha “Bil” é acusado de tentar matar Valdeir Massoko no dia 22 de novembro de 2016, conforme afirmação do delegado do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), doutor Núbio Lopes de Oliveira, em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira, 03 de Abril, em Vilhena.

Em entrevista, Núbio revelou que o inquérito policial apontou que Liovane havia vendido um canivete para Valdeir pelo valor de R$20,00 e que deu o prazo de duas semanas para que a vítima lhe pagasse. No entanto, Liovane precisava do valor para usar drogas e no dia do crime, se deslocou até a residência do desafeto, na avenida 1.701 do bairro Cristo Rei, onde tentou receber o valor.

A vítima se negou em pagar a divida, dizendo que só pagaria o valor no dia por eles estipulado anteriormente, ocasião na qual, Liovane desferiu dois golpes contra a barriga da vítima, que só não morreu por ter sido atendido a tempo pela equipe médica do Hospital Regional. Valdeir alegou que o acusado queria o dinheiro para usar maconha.

A Polícia Civil concluiu o inquérito no início deste mês de abril de 2.019 e Liovane seria indiciado por tentativa de homicídio por motivo fútil, no entanto, Liovane faleceu em 15 de Março de 2.019, dentro da Casa de Detenção, na cidade de Vilhena, (Veja Aqui) onde cumpria pena pelo crime de receptação, tendo sido preso em 09 de Março, na avenida 1.512 esquina com a rua 1.509, (Veja Aqui)

Ainda conforme o delegado, a Polícia Civil ainda está com o inquérito da morte de Liovane em aberto, sob apurações finais, mas que, tudo indica para um suicídio.

Carlos Mont Serrate/Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar