Policial

Criança morre após hospital ficar sem médico plantonista em Monte Negro

Criança foi socorrida pela PM e pelo SAMU

Carlos Eduardo Borges Taborda de apenas 3 anos de idade morreu na noite de domingo, 22 de Setembro, após se afogar em uma piscina em Monte Negro.

A vítima foi socorrida inconsciente, mas o hospital municipal de médio porte estava sem médico plantonista.

Segundo apurado, mesmo sem um médico, enfermeiros e técnicos de enfermagem que estavam de plantão tentaram reanimar a criança dentro do hospital.

Sem sucesso, a equipe de plantão decidiu transferir a criança às pressas para Ariquemes para que fosse atendida por um médico com urgência.

Ainda de acordo com informações, após retirar a criança de dentro do hospital, a equipe de socorro solicitou uma viatura do SAMU de Ariquemes com a presença de um médico para que viesse de encontro no trajeto afim de tentar salvar a vida da criança.

Socorro no meio da rodovia

Segundo apurado, ao se encontrarem no meio do trajeto, na BR-421, uma equipe do SAMU auxiliou no atendimento a criança, as ambulâncias ficaram paradas à beira da rodovia cerca de 1 horas e meia tentando reanimar a vítima, porém foi confirmado que a criança entrou em óbito.

O corpo do menino foi levado para Ariquemes e foi registrado um boletim de ocorrência relatando a falta de médico no hospital.

Uma equipe da Polícia Militar de Monte Negro também foi solicitada no hospital municipal e registrou o caso.

Falta de médico virou rotina

 

De acordo com informações do registro policial, o Hospital Irmã Dulce de Monte Negro ficou todo o domingo (24 horas) sem a presença de um médico e, esse caso não foi o primeiro, há relatos de que na semana passada o hospital também ficou 24 horas sem um médico plantonista no Pronto Socorro.

 

Fonte:Jornal Rondoniavip

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)