Policial

Chupinguaia: homem é preso por estuprar filha de 11 anos na frente da irmã de 6 anos, delegada detalha prisão

Menina de 6 anos assistiu o estupro da irmã. Marginal deverá responder pelo crime de estupro de vulnerável

Um homem de 30 anos, foi preso no domingo (11), acusado de estuprar a filha mais velha, de 11 anos, na área urbana da cidade de Chupinguaia, Cone Sul de Rondônia. A criança após ser violentada contou para a mãe, que levou a menina ao hospital e acionou a polícia e o Conselho Tutelar. Segundo a delegada Solângela Guimarães – da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), em Vilhena –, o acusado foi ouvido e negou, porém, exames médicos confirmaram que o pai violentou a filha. O estupro ocorreu enquanto a mãe da menina estava no trabalho.

O crime aconteceu na sexta-feira (10), na casa da família, e o acusado foi preso dois dias depois, por investigadores da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente – DPCA –, após a Justiça ter decretado a prisão preventiva dele. O homem está aprisionado na Casa de Detenção, em Vilhena, segundo informou Guimarães.

Filha de 6 anos assistiu o estupro

Segundo informações apuradas pela DPCA, a filha mais nova do acusado, de 06 anos, presenciou a cena de estupro. “A criança mais nova estava no quarto com a irmã de 11 anos, quando o pai chegou bêbado e disse para a filha menor sair do quarto se não bateria nela, a menina saiu, mas assistiu o crime pela janela”, contou Solângela Guimarães.

O inquérito está a cargo da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, que deverá, após concluída as investigações, denunciar o acusado por estupro de vulnerável, ao Ministério Público de Rondônia (MP-RO). A pena prevista para o crime é de oito a 15 anos de prisão e pode ser aumentada, porque o acusado é pai da vítima.

Atualmente a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher conduz 130 inquéritos de crimes de estupro ocorridos nos municípios de Vilhena e Chupinguaia.

Fonte: Vilhena Notícias

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Close