Policial

Casal de traficantes, pais de bebê de colo; são presos em Vilhena por tráfico e um suspeito tentou agredir PM’s

Patrulha Reforço realizou a prisão do casal de criminosos

A ocorrência foi registrada na madrugada desta sexta-feira, 05 de Agosto, na avenida Vitória Régia (1.705), no bairro Jardim Primavera, setor 17, em Vilhena.

Policiais militares da temida “Patrulha Reforço” patrulhavam a localidade quando observaram o carro de aplicativo Volkswagen Gol de cor branco, momento em que os ocupantes ao perceberem a presença policial subiram os vidros com insulfilm numa tentativa de impedir a visualização dos mesmos.

Com isso, os policiais ligaram a sirene e giroflex, dando ordem de parada ao motorista, o qual acatou tal ordem, sendo constatado que no banco de trás estava um casal com um bebê de colo, identificados como sendo os traficantes Jeferson R. de S e Raiane C da S.

Na posse de Jeferson foram localizados cinco invólucros com pó branco, aparentando serem de cocaína, já nos bolsos do short jeans de Raiane os policiais encontraram dois invólucros da mesma droga. Nenhum dos dois portava documentos pessoais.

O casal então mentiu para os militares, convidando-os para ir a uma residência que alegaram serem a deles, na avenida Pio Menezes Veiga, no Jardim das Oliveiras, contudo, no local, as chaves não abriram as portas e eles começarama rir.

Na sequencia, eles acabaram confessando que não residiam ali e que quem morava nesta casa seria a sogra de um dos mesmos, tendo o casal passado o endereço verdadeiro, localizado na avenida Ibirapuera, do bairro Greenville, local este apontado como “boca de fumo” por populares há alguns dias e que já vinha sendo investigado.

No imóvel, os policiais localizaram nmuma geladeira três porções de erva pressurizada do tipo Cannabis Sativa, tradicional “Maconha”, devidamente embaladas em papel filme para revenda, totalizando 19 gramas.

Foram localizadas e apreendidas também, uma mini balança de precisão de cor prata, três invólucros entorpecentes de pó branco do tipo cocaína, um notebook Positivo de cor vermelho, quatro aparelhos celulares da marca Samsung e uma televisão de 55 polegadas da marca Samsung.

Questionados sobre asdrogas, eles assumiram serem proprietários dos entorpecentes, já quanto aos objetos localizados, estes não apresentaram notas fiscais e não souberam explicar a real origem dos aparelhos.

Raiane apenas relatou que um dos telefones teria sido encontrado por ela nas proximidades do park Shopping Vilhena e que ela o tomou para si desde então, não tendo em momento algum procurado quem seria o real proprietário do aparelho em tela.

No momento em que os policiais no local se encontravam, eis que no telefone de Max tocou uma chamada com a identificação de “João Vitor 22”, no qual o infrator João Vitor E de C solicitava que Max o buscasse nas dependências do shopping pois a droga estaria acabando e ele queria adquirir mais entorpecentes.

De posse destas informações, o Núcleo de Inteligência da Polícia Militar foi solicitado para prestar apoio e se dirigir ao local onde se encontrava João Vitor, onde o infrator, ao perceber que havia sido descoberto investiu contra os policiais tentando desferir socos e chutes.

Os policiais prontamente agiram contra as injustas agressões e utilizaram técnicas de imobilização para contê-lo e realizar a prisão do mesmo com o uso de algemas, sendo que foram localizados nas vestes do infrator cinco invólucros de pó branco do tipo cocaína.

O Conselho Tutelar foi acionado para que o bebê do casal de traficantes fosse destinado a outro local, haja vista ter ocorrido a prisão em flagrante de seus pais. O bebê que tem apenas um mês e sete dias de idade.

No momento em que a ocorrência era registrada, eis que o advogado dos criminosos chegou ao local pararepresentá-los na ocorrência, acompanhando assim, os trâmites legais do ocorrido.

Diante dos fatos, as drogas e objetos foram apreendidos e apresentados na Polícia Civil, onde a ocorrência foi registrada na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) para providências cabíveis que o caso requer.

Redação

Rota Policial News

 

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)