Geral

Caminhada pelo autismo reuniu pais, professores e servidores da Prefeitura

Secretário anunciou projetos para implantação de Núcleo de Atendimento Especializado ao Autista

A Caminhada Azul pelo Autismo realizada ontem no Centro da cidade reuniu um grande grupo de apoiadores da causa que luta por respeito e atendimento aos autistas na cidade. Organizada pela Prefeitura em parceria com pais e professores de crianças que sofrem com o TEA (Transtorno do Espectro Autista), a caminhada teve por objetivo sensibilizar

Concentrados no semáforo da avenida Marques Henrique, os participantes usaram microfones, panfletos e faixas para conscientizar todos que passavam pelo local. “Foi um evento lindo que tocou a todos nós. Sabemos da coragem e da luta que essas mães enfrentam com seus filhos autistas. Temos que apoiar iniciativas como essa enquanto Prefeitura e me coloco sempre à disposição de vocês”, garantiu a vice-prefeita, Maria José, que participou da caminhada.

Junto dela também estiveram o secretário de Educação Clésio Costa, organizador do evento, os vereadores Ronildo Macedo, Samir Ali e Wilson Tabalipa, além de pais, professores e diversos apoiadores do movimento.

NÚCLEO DE ATENDIMENTO – Ao usar o microfone, o secretário de Educação garantiu que as reuniões com municípios próximos e outros parceiros estão avançadas para a implantação de um NAEA (Núcleo de Atendimento Especializado em Autismo) na cidade. “Atualmente temos quase 70 alunos na rede municipal diagnosticados com autismo e atendemos eles com os preceitos do AEE (Atendimento Educacional Especializado), mas queremos melhorar e fornecer profissionais específicos para os autistas. Estamos avançando nesse sentido”, revelou Clésio.

A jornalista Karina Andrade,  mãe de dois autistas, revela que a cidade precisa melhorar. “Há alguns anos eu tive que sair da cidade para conseguir diagnóstico e hoje vejo que podemos melhorar. O Clésio foi muito aberto comigo desde que voltei e acredito que com o apoio da Prefeitura poderemos melhorar o atendimento aos nossos autistas em Vilhena”, disse.

SAÚDE PARA TODOS – O CER (Centro Especializado em Reabilitação) oferece atendimento para pessoas com autismo através de acompanhamento psicológico e de uma equipe multidisciplinar.

“Até 3 anos de idade nós conseguimos fazer um diagnóstico precoce, para que os tratamentos aconteçam e essa criança possa ter mais qualidade de vida. Aqui nós vamos trabalhar habilidades desses pacientes para que eles consigam se relacionar da melhor forma possível com os outros e, aos pouquinhos, os resultados vêm. Dependendo da intensidade dos sintomas, cada ganho é uma comemoração dentro da terapia”, conclui a psicóloga do CER, Bárbara Ludtick.

Semcom

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)