Policial

Assaltantes se passam por amigos do irmão de vítima e roubam residência no residencial Orleans

Rapaz chegou pedindo por chuteira que supostamente teria sido emprestada pelo irmão da vítima

O roubo em residência foi registrado na noite de domingo, 12 de Janeiro, em uma residência localizada na rua Anibal Ribeiro Batista, no residencial Orleans, em Vilhena.

De acordo com o apurado, a jovem de 18 anos solicitou a presença da Polícia Militar através do 190, pedindo por socorro e informando que se trancou no quarto após a casa estar sendo invadida por criminosos.

Rapidamente, diversas radiopatrulhas de Polícia Militar deslocaram-se ao endereço, onde em contato com a jovem, está relatou que estava em sua casa sozinha, uma vez que seu irmão está viajando, ocasião em que um rapaz que se identificou como Daniel chegou ao portão e bateu palmas, chamando pelo nome de seu irmão.

Ao atendê-lo, o rapaz teria dito que foi ao local para buscar uma chuteira que o irmão da vítima teria lhe emprestado.

Ela então respondeu que o irmão não tinha nenhuma chuteira, ocasião em que o suspeito pediu para que ela buscasse uma sacola plástica para ele, momento em que ela entrou para dentro de casa e  foi até a cozinha, ele entrou atrás, mas não fez nada, saindo para fora do portão na sequencia.

A jovem então fechou o portão e entrou para dentro de casa, onde ficou no sofá, ocasião em que outro rapaz chegou ao portão e chamou pelo nome de seu irmão, também batendo palmas.

Já amedrontada, a garota não abriu o portão e ao ver pela janela, havia mais um rapaz no portão, usando um capuz e portando algo em suas mãos, que poderia ser uma faca ou uma arma de fogo.

O marginal teria arrombado o portão e na sequencia iniciou o arrombamento da porta de entrada, sendo que neste momento, a jovem correu para o quarto e acionou a Polícia Militar, falando em voz alta, pedindo por socorro.

Ao ouvirem a jovem acionando a polícia, os marginais se evadiram do local, roubando uma televisão de 32 polegadas e tomando rumo incerto.

Diligências foram realizadas, porém, sem êxito na prisão dos criminosos e a ocorrência foi registrada na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP).

 

Redação

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar