Geral

Asfalto da avenida 1° de Maio e Embratel terá propostas abertas amanhã. Prefeito convida população

Valores e detalhes dos projetos apresentados serão revelados amanhã, às 8:00 horas da manhã, na Prefeitura

O processo licitatório do asfalto das avenidas 1° de Maio e Tancredo Neves, bem como de ruas do Embratel, terá fase de abertura das propostas das empresas participantes a ser realizado amanhã, às 8h, na Controladoria de Licitações, na Prefeitura. O prefeito Eduardo Japonês convoca os moradores dos bairros beneficiados, e toda a população, para acompanhar os trâmites de forma transparente.

“Em todas as fases do processo estamos fazendo o mesmo, informando as datas e horários para que a participação do público seja um elemento garantidor da nossa transparência. Além disso, todos poderão ficar tranquilos em ver de perto a lisura do procedimento”, explica Japonês.

Depois de transcorrido o prazo de 5 dias úteis delimitado para recursos à fase de habilitação, as propostas serão abertas na manhã desta sexta-feira, às 8h. Caso a proposta vencedora esteja com a documentação em dia e nenhuma outra empresa decida entrar com recursos, o vencedor do certame poderá ser anunciado amanhã mesmo.

A obra vai asfaltar a avenida 1° de Maio (2,1 km), rua Roberto G. Moreira (867 metros), avenida Boa Vista (726 m), avenida n° 622 (188 m) e avenida Tancredo Neves (550 m), totalizando 4.493 metros. Veja trechos que receberão obras destacados em vermelho no mapa em anexo.

Três empresas participam da licitação: Beta, Alto Rio e Amil. Destas, apenas as duas últimas mantiveram representantes no local na fase de habilitação, na semana passada. Isso exigiu a abertura do prazo que se encerrou agora.

“Aguardado já há vários anos, estas obras de pavimentação representarão um grande avanço na solução de problemas crônicos de Vilhena, no ganho em qualidade de vida e também na valorização dos imóveis beneficiados. Todos ganham e nós estamos felizes em fazer parte desta conquista”, revela o secretário de Planejamento, Ricardo Zancan.

 

Semcom

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar