Policial

Vítima de acidente de trânsito é liberada do HR com pressão alta e morre após passar mal

Hospital Reginal teria agido com negligência ao liberar a paciência mesmo com pressão alta

A ocorrência foi registrada na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP), como morte suspeita na manhã de segunda-feira, 21 de Janeiro, e o caso deve ser investigado pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

A paciente Leda Maria Pinheiro de Lima, de 51 anos, foi internada no Hospital Regional, no último dia 15 de Janeiro, após envolver-se em um grave acidente na BR-174, noticiado pelo jornal Rota Policial News, CLIQUE AQUI, após ter sofrido fratura exposta na perna esquerda.

Desde então, Leda passou por cirurgia e vinha tendo um quadro febril e de pressão alta, quando na tarde de domingo recebeu alta médica, mesmo estando com a pressão elevada.

Em casa, Leda passou mal e foi novamente encaminhada ao pronto-socorro do Hospital Regional, onde acabou vindo a óbito. A filha da vítima solicitou que a direção do Hospital Regional Adamastor Teixeira de Oliveira que lhe entregasse uma cópia do atestado de óbito, o que não foi feito pelos mesmos.

A Polícia Civil abriu inquérito policial para apurar mais esta morte no Hospital Regional, dentre muitas outras que vem ocorrendo no local.

Carlos Mont Serrate/Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar