Policial

Tiro de Guerra de Colorado do Oeste é assaltado e PM prende um dos comparsas

Polícia Civil investiga o crim

No histórico conta, que na noite dedomingo, 12 de Maio, uma guarnição da Polícia Militar estava próximo da escola Manuel Bandeira, quando foi solicitada ajuda pelo Chefe de Instrução da Unidade, Subtenente Eduardo, o qual informou que o TG havia sido alvo de ação de bandidos.

Ao se deslocar até a Unidade, os atiradores relataram que dois homens chegaram com capuz e armados, rendendo os dois soldados que estavam de plantão, rendendo posteriormente os atiradores que estavam no alojamento.

Rendendo os Atiradores, invadiram a sala de armas, utilizando um alicate, quebraram os cadeados, porém não conseguiram se apossar dos armamentos e munições.

Durante a ação, vários objetos dos soldados foram levados pelos suspeitos. Com as informações em mãos descrita pelas vítimas, a Polícia iniciou as buscas, e ao abordar um dos suspeitos identificado como Alexandro Alves da Silva, na BR 435, já saída para Vilhena, encontraram no carro ao qual conduzia os objetos usados durante a ação.

Diante das provas, Alexandro confessou estar presente no assalto, afirmando que o objetivo era usar as armas e munições em Vilhena, em outras práticas delituosas. O seu comparsa identificado como Danilo Junior Nazaré Santos não foi localizado.

Fonte: PM/ Cone Sul Acontece

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar